4 Ps do marketing: como eles se encaixam on e offline

por Nuvemshop

3 de setembro de 2021

*Por Giovanna Parra, da Nuvemshop.

Os 4 Ps do marketing são: produto, preço, praça e promoção. Juntos eles formam um combo essencial dentro da estratégia de qualquer gestor!

A internet foi mudando e se atualizando com o passar do tempo, porém o modo de agir do consumidor não. Nesse contexto, os 4 Ps do marketing nos ajudam a entender cada passo do cliente e o que o levou à decisão de compra do produto. 

Se você trabalhar na estratégia dos 4 Ps, com certeza irá conseguir ganhar os clientes tanto no online (internet, blogs, redes sociais, propagandas de TV), como no offline (embalagem de produtos, lojas físicas, brindes). 

O que são os 4 Ps do Marketing? 

Philip Kotler criou o conceito dos 4 Ps de marketing, que antes era chamado de mix de marketing. Segundo ele, os 4 Ps do Marketing são variáveis controláveis pelos empreendedores. 

Essas estratégias são concebidas no momento do planejamento, conforme as ações de marketing são criadas. 

Mas, afinal, o que são os 4 Ps de marketing? 

Os 4 Ps do marketing são estratégias que a empresa adota para conseguir alcançar os objetivos de marketing. Eles são: 

● Preço 

● Produto 

● Praça

● Promoção 

Esse é o famoso mix de marketing, que ajuda as empresas a alcançarem seus objetivos por meio da estratégia de mercado e público-alvo. 

Philip Kotler (o pai do marketing moderno) lançou o seu livro “Marketing Management”, em 1967, onde apresentou essas variáveis. Com isso, ele ajudou os empreendedores a definir suas estratégias, se diferenciar de seus concorrentes, a criar estratégias integradas da empresa ao marketing e, até mesmo, a entender o seu público. 

Sempre que desenvolver suas estratégias, recomendamos que tenha um plano de marketing vinculado aos seus objetivos, para facilitar o desenvolvimento das ações e o alcance das metas rapidamente. 

Vamos, a seguir, entender o que cada P dos 4ps significam de fato: 

P de preço 

O preço nada mais é do que o único dos Ps que gera receita para a empresa, e muitos não olham ele como uma estratégia (mas deveriam!). 

O preço do produto deve ser calculado a partir da mão de obra, dos ingredientes e itens usados para criá-lo, do investimento para o crescimento da empresa, dos gastos em publicidade e marketing para a venda, e da margem de lucro desejada. 

Claro que também não é só o produto, mas a embalagem e a experiência que o cliente tem ao comprar a sua mercadoria. O preço envolve tudo, até mesmo a qualidade do que é fabricado. 

Você sempre precisará ficar atento aos preços de seus concorrentes também, então precisará analisar a qualidade de seu produto e o quanto está cobrando em comparação aos seus competidores. 

Vale mais a pena cobrar um pouquinho mais caro e oferecer um item de qualidade, do que simplesmente vender algo que irá quebrar ou até mesmo estragar em pouco tempo. Em casos como esse, além de perder um cliente, você pode ficar com uma fama de que “não vale a compra”

4 ps - interna

P de produto

Antes de pensar em criar ou, até mesmo, vender um produto, é bom ter em mente o que ele vai agregar na vida do cliente. 

É preciso pensar no design, nome, modo de usar, para quem é o produto, e qual é a diferença dele para os concorrentes. 

Você terá que pesquisar se ele realmente satisfaz as necessidades dos consumidores para ter um produto 10/10

Sem falar que produto não é só um objeto, mas também pode ser um serviço oferecido, como o de manicure, de limpeza de pele ou, até mesmo, uma vistoria no seu carro por um mecânico. 

Se não tiver estoque o suficiente para ter vários produtos em seu e-commerce, conheça a nova estratégia de dropshipping que as empresas estão utilizando. 

P de praça 

O P de praça é conhecido pelo local em que o cliente encontra o produto para venda, pode ser tanto em uma loja física, como em uma loja online

A praça, hoje em dia, não se trata só de um ambiente físico ou um local de compra, e sim da experiência que o consumidor terá em contato com o produto. Aqui, estamos nos referindo desde um lugar onde tem estacionamento, metrô por perto para o conforto da ida até o local e, até mesmo, do ambiente da loja em si. 

É legal sempre pensar no nome do local para encantar seus clientes. Por exemplo, um nome de uma loja de guloseimas poderia ser Sonhos Doces. 

No caso das vendas online, a praça é exatamente o e-commerce que a empresa utiliza para vender os seus produtos. A intenção é garantir que os clientes tenham acesso à loja para fazer suas compras, seja em um ambiente online ou offline

Aprofunde seus conhecimentos e confira: Como montar uma loja virtual? (acesse aqui)

P de promoção

A estratégia de promoção é promover um produto ou uma marca. A maioria das pessoas acham que o P de promoção está relacionado só a ofertas e liquidações, mas não é só isso. 

O objetivo em si é persuadir e convencer o cliente a realizar uma compra. O intuito é divulgar produtos e serviços e, com isso, ter novos clientes. 

A promoção está nas propagandas (tanto em redes sociais, como na televisão, por exemplo), nos blogs, nos influenciadores e, até mesmo, na venda presencial de produtos ou nos serviços como revendedor. 

Por isso, sempre que possível, pergunte ao seu time de marketing sobre as estratégias de melhores canais (internet, rádio, TV) para conseguir clientes novos dentro do seu público-alvo

Fique atento também às datas sazonais, como Natal, Páscoa e Dia dos Pais, para criar estratégias e promoções e estar à frente dos seus concorrentes. 

A importância do mix de marketing nos seus negócios 

A primeira coisa a se fazer é criar um planejamento estratégico com todos os objetivos da empresa, no curto, médio e longo prazo

O mix de marketing exige muita pesquisa e planejamento antes de as ações serem executadas. 

Pense sempre em um universo digital para a sua marca e seus produtos. Além disso, envolva todo o time de marketing no planejamento e nas decisões. 

Invista também em funcionários, embalagens, influenciadores e parcerias, para sempre aumentar o posicionamento da sua marca no mercado

Se sua empresa se empenhar e pesquisar a fundo antes de colocar em prática os 4 Ps do marketing, tenho certeza de que conseguirá chegar no seu objetivo muito mais rápido.

Leia também:

O que é Trade Marketing?

Marketing: saiba como definir o seu budget

Canva: usando templates para otimizar sua loja

Nuvemshop

Com mais de 90 mil lojas ativas, a Nuvemshop é considerada a plataforma líder no comércio digital da América Latina. Sua tecnologia é ideal para PMEs e grandes marcas — através do plano Nuvemshop Empresarial — que buscam aumentar suas receitas através da internet.

veja ainda:

customer experience - destaque

Customer experience: o que é, importância e aplicação

O foco em customer experience ajuda a fidelizar seus clientes e melhorar a relação deles com a sua marca A […]

google analytics - destaque

Google Analytics 4: como funciona o GA4?

Descubra como funciona o Google Analytics 4, a nova versão da ferramenta do Google! O Google Analytics 4, também chamado de […]

dia dos namorados - destaque

Dia dos namorados: como se preparar para vender na data?

O Dia dos Namorados é uma boa oportunidade para a venda de itens de diferentes categorias. Veja como se organizar […]