5 razões para as fabricantes de móveis venderem no marketplace

por Americanas Marketplace

2 de fevereiro de 2024

Conheça 5 benefícios dos marketplaces para os fabricantes de móveis 

Os fabricantes de móveis podem se beneficiar bastante ao vender no marketplace. Estes são sites que concentram produtos diversificados, atraindo muitos clientes com interesses variados. Por causa disso, são muito estratégicos. Mesmo para itens dedicados a um perfil específico de cliente, há espaço para a venda de todo o seu sortimento, já que ele atinge um público em potencial em todo o país. 

Dessa forma, fabricantes, desde os mais tradicionais aos iniciantes no setor, podem conseguir um canal adicional de vendas para seus produtos, onde podem posicionar sua marca e conquistar mais projeção, vendas e resultados para o negócio. 

Uma grande vantagem é que esses canais são uma ponte para quem considera vender na internet, mas sem a necessidade de qualquer investimento inicial, como demandaria um e-commerce próprio. É possível se cadastrar, começar a vender e apenas pagar uma comissão sobre as vendas feitas por meio dessa plataforma. 

Se você quer descobrir por que os fabricantes de móveis deveriam apostar nesse canal e vender no marketplace, separamos estas 5 razões e benefícios que o canal pode trazer. 

1) Grande potencial de expandir as vendas da sua loja 

Marketplaces são grandes sites, de marcas conhecidas e que recebem uma audiência bastante relevante e qualificada. Por causa disso, esses canais são muito fortes para impulsionar a venda de diferentes produtos e posicionar a marca de seus parceiros, que podem atingir novos clientes. 

Ao vender no marketplace, os fabricantes de móveis podem atingir um novo público, com o qual eles ainda não interagem. Fora isso, podem diminuir a dependência de vendas de seus representantes, podendo mesclar as vendas via representações com as diretas. Eles também podem adotar abordagens diferentes para cada estratégia e canal, com maior foco em competitividade de preço em um e na marca no outro, por exemplo. 

Quando a indústria aposta nas vendas de móveis em um canal de baixo custo e alto retorno como os marketplaces, ela pode ter um bom resultado que ajuda a elevar seu faturamento e lucratividade. Ela passa a poder ter pessoas de todo o país como suas clientes diretas, analisando o comportamento de vendas, resultados e itens com maior potencial de retorno no online. 

2) Aderência do sortimento com um público diverso 

Todo o sortimento dos fabricantes de móveis pode ser vendido nos marketplaces: móveis, itens de decoração e até produtos exclusivos e artesanais. 

As divisões de categorias dentro dos sites distribuem bem os produtos e facilitam muito na hora do consumidor encontrar o que deseja. Além disso, há muito investimento em marketing para trazer novos clientes e impactá-los com os produtos dos lojistas.  O marketplace é quem se preocupará em atrair o público ideal para os tipos de móveis ofertados e impulsionar as vendas. 

Já os parceiros, podem focar apenas no cadastro dos itens, que precisa ser bem completo, na gestão do negócio e das vendas, e na entrega. Para a venda de itens leves, você pode inclusive contar com a transportadora dos canais, que fazem a coleta do produto e o entregam ao cliente.  

Não importa quantos itens você possui em seu sortimento, todos eles podem encontrar um espaço nas vendas digitais. E o marketplace é o lugar certo para isso, pois estes canais podem atingir clientes de todos os lugares e perfis de compra, sem que você precise investir tanto assim para isso. 

fabricantes de móveis - interna

3) Potencial de posicionar sua marca 

Mesmo grandes marcas, com uma boa rede de representantes e alto número de vendas, também tendem a investir nos marketplaces pelo seguinte motivo: posicionar a marca. 

Esse posicionamento pode ser tanto para marcar presença no digital, a baixo custo, mas também para aproveitar a visibilidade em vitrines que costumam atrair a vista de muitos clientes e consumidores em potencial. 

Sempre que o cliente opta por comprar algo no digital, poderá ser impactado por aquela marca e produtos nas ações de marketing e durante a navegação no marketplace. Assim, ele consegue conhecer melhor as ofertas, e lembrar da marca na hora de comprar. O que é estratégico tanto para marcas grandes como as pequenas. 

Lojistas podem trazer itens exclusivos para estes canais, por exemplo, posicionando melhor a marca, ou até mesmo o sortimento padrão, com os itens mais vendidos, tanto para reforçar a presença digital, como para atrair mais vendas.  

4) Auxílio nas vendas e desenvolvimento do negócio 

Vender em canais de marketplace, como a Americanas, por exemplo, pode significar também um bom apoio para suas vendas e desenvolvimento do negócio. 

O auxílio mais básico passa pela logística, na hora de entregar os produtos das fabricantes. Com serviços de coleta, o marketplace busca o item postado em um centro de coleta, próximo do lojista, e faz todo o trâmite de entrega até o cliente. Para alguns perfis de sortimento, os lojistas também poderão contar com soluções de fulfillment, onde os produtos ficam no estoque do marketplace e ele irá gerenciar todo o processo de vendas, desde o recebimento do pedido até a entrega. 

Mas, além da logística, os parceiros podem receber apoio em treinamentos e materiais exclusivos para desenvolverem suas empresas no canal e alavancarem as vendas. Dicas para aproveitar promoções e datas focadas nas categorias podem elevar bem os resultados dos fabricantes de móveis que contam com o canal como parceiro. 

Além disso, conforme o parceiro sentir necessidade, pode contar com anúncios patrocinados nos marketplaces, destacando itens compatíveis com a intenção de compra do cliente, e até soluções de crédito. Isso quer dizer que o fabricante parceiro terá realmente um auxílio com foco em seu crescimento e ampliação de resultados. 

5) Insights e eventos que podem virar novos negócios 

Com dados analíticos de alguns marketplaces, como a Americanas, é possível conhecer informações como os itens mais vendidos de sua categoria dentro do canal. Esse tipo de informação pode virar um novo produto em seu sortimento, que irá conseguir surfar as oportunidades já existentes na venda do item. 

Alguns fabricantes podem até optar por criar um outro CNPJ apenas para fazer essa inserção no marketplace. Assim, podem acessar esses dados, testar mais as vendas de seus produtos: estratégias de preço, itens já existentes, produtos exclusivos ou novos, os criados após insights dos mais vendidos… Tudo isso, enquanto geram novos negócios e aumentam o faturamento. As possibilidades são inúmeras. 

Além disso, os marketplaces podem promover um calendário de eventos para a categoria ao longo do ano, com ações promocionais que atraem os clientes e campanhas que te ajudam na hora de vender.  

Com as campanhas compartilhadas de frete da Americanas, por exemplo, é possível ter um auxílio do canal para custear uma parte do frete para o cliente – o parceiro entra com uma parte e o marketplace com a outra. Dessa forma, a oferta fica mais atraente para o consumidor fechar negócio. 

Por todos esses motivos, vale muito a pena os fabricantes de móveis conhecerem e aproveitarem o modelo de vendas dos marketplaces

Quer saber mais? 

Conheça as vantagens de vender na Americanas e o passo a passo para começar!   

Leia também: 

Por que alguns fabricantes estão vendendo no marketplace? 

Por que é estratégico vender no marketplace? 

Americanas Marketplace: o que é e como vender neste canal? 

Americanas Marketplace

Somos a plataforma para você vender seus produtos nas principais lojas virtuais do país: Americanas, Submarino, Shoptime e Americanas Empresas. Aqui seu negócio vai mais longe!

veja ainda:

iso 27001 - destaque

O que é a norma ISO 27001 e como implementar?

A norma ISO 27001: entenda seu papel na gestão da segurança da informação e saiba como implementar um sistema eficaz […]

cnae

CNAE: o que é e como incluir uma atividade econômica no CNPJ

CNAE: o que é e como incluir atividade econômica no seu CNPJ A CNAE é um padrão nacional para identificar […]

contrato de compra e venda - destaque

Contrato de compra e venda: como funciona e quais as garantias?

Conheça o contrato de compra e venda e saiba quando e como usá-lo em suas negociações O contrato de compra e […]