Facebook Marketplace: como começar a vender pela rede social

por Americanas Marketplace

30 de novembro de 2020

O Facebook Marketplace possibilita a venda de produtos por meio da rede social. Descubra se o modelo é o ideal para você.

O Facebook Marketplace é a ferramenta oficial do Facebook para a compra e venda de produtos, de maneira informal, entre seus usuários. 

Disponível no Brasil desde 2018, o Facebook Marketplace é um recurso que permite que usuários anunciem e vendam produtos diretamente pela rede social. A proposta é simples: o vendedor fotografa, descreve, precifica e publica o item e os interessados entram em contato com ele para fechar negócio. 

“As pessoas já usam o Facebook para comprar e vender e, agora, tornamos esse processo mais fácil” – Karandeep Anand, diretor de gestão de produto do Facebook.

Como o próprio diretor do Facebook afirmou, muitas pessoas já usavam o Facebook de forma informal para vender seus produtos. Porém, com a ferramenta o processo ficou ainda mais padronizado e se tornou mais efetivo, passando mais segurança para os consumidores. 

Então, será que vale a pena vender por lá? Seria esse o modelo ideal para os resultados que você busca? Confira abaixo!

Como vender no Facebook Marketplace?

Para comprar e vender no Facebook Marketplace, basta ter um perfil na rede social. Porém, o que à primeira vista parece descomplicado pode ser um problema mais para a frente, já que não existe um processo de verificação e autenticação das partes envolvidas como acontece nos cadastros de usuários dos marketplaces tradicionais, formados por gigantes do varejo. 

Uma vez lá, o vendedor cria um anúncio para o item que deseja comercializar e aguarda o contato dos compradores interessados. Já a negociação ocorre pelo próprio Messenger, programa de mensagens da plataforma e os negociantes combinam um dia e local para a retirada ou entrega do item, além de alinharem como será feito o pagamento.

O que vender no Facebook Marketplace?

Apesar da ferramenta ter “formalizado” as vendas pela rede social, grande parte dos itens anunciados no Facebook Marketplace ainda é composta por itens antigos e usados pelo anunciante, dando à plataforma um ar informal e similar ao dos grupos de trocas e vendas da rede social.

Por enquanto, só é permitida a venda de produtos físicos. Não se pode vender serviços, e ingressos só podem ser anunciados mediante permissão por escrito do Facebook. Vender animais ou itens relacionados a serviços de saúde, como termômetros e kits de primeiros socorros, também é proibido.

facebook marketplace

Como é feito o pagamento nesse marketplace?

O Facebook Marketplace não intermedeia ou garante o pagamento das vendas realizadas lá; a transação fica a critério das partes envolvidas. Isso significa que o comprador e o vendedor deverão entrar em um acordo e decidir como pagar pelo produto vendido. 

Entre as opções mais populares da plataforma estão o pagamento em dinheiro ou por maquininhas de cartão de crédito no momento da entrega, além de transferência bancária ou plataformas eletrônicas de pagamento. 

Como toda a negociação, pagamento e entrega ocorrem fora da plataforma, uma dica é tentar levantar informações sobre a outra parte com quem se está negociando e optar por meios de pagamento e entrega que te ofereçam maior segurança.

E a entrega dos produtos?

Assim como acontece com o pagamento no Facebook Marketplace, o comprador e vendedor também precisam alinhar sobre o processo de envio dos itens. Alguns preferem combinar um ponto de encontro e entregar o produto em mãos, outros apostam no envio pelos Correios. Cabe às partes definir como proceder.

Marketplaces tradicionais para transação das vendas

Os grandes marketplaces, formados por marcas consagradas de e-commerce, asseguram a seriedade da etapa de compra e venda e permitem que os lojistas parceiros ofereçam muitas opções de pagamento para o público, do parcelamento de compras em diversas bandeiras de cartão de crédito ao boleto bancário, passando por benefícios inovadores como cashback e pix.

Além disso, nos marketplaces, todas as transações são autenticadas e o vendedor só recebe a confirmação do pedido se de fato estiver tudo certo, proporcionando muito mais segurança para todos os envolvidos. 

Plataformas como a Americanas Marketplace, por exemplo, oferecem soluções logísticas para auxiliar vendedores parceiros. Elas facilitam as entregas dos pedidos realizados em seus sites e otimizam a operação de quem vende lá. 

Você já vende em um marketplace tradicional ou tem um e-commerce próprio? Caso já faça isso, uma dica é direcionar a transação da venda nestas plataformas informais, como redes sociais e chats, para uma URL oficial. Desta forma, você consegue direcionar o pagamento e entrega para um canal com maior segurança para sua loja e o cliente.  

Afinal, vale a pena vender no Facebook Marketplace?

O Facebook Marketplace pode ser um canal adicional de venda e oferece possibilidades a vendedores informais, devido ao número expressivo de usuários da rede social. É ideal para vendas pontuais, de itens usados ou únicos, por exemplo. 

O Facebook Marketplace pode ser um canal adicional de venda e oferece possibilidades a vendedores informais, devido ao número expressivo de usuários da rede social. É ideal para vendas pontuais, de itens usados ou únicos, por exemplo. 

Para lojistas com uma operação estruturada e vendedores que desejem se profissionalizar, diminuir riscos ou conquistar resultados cada vez melhores, plataformas consolidadas, como a Americanas Marketplace, continuam sendo a melhor opção: por meio dela, é possível cadastrar sua loja e vender seus produtos nos maiores e-commerces do Brasil – a Americanas, a Americanas Empresas, o Submarino e o Shoptime – contando com toda serviços e toda a estrutura para crescer cada vez mais. 

Como entrar em um marketplace tradicional? 

O primeiro passo para se cadastrar em um marketplace é formalizar o seu negócio, ou seja, criar um CNPJ e emitir notas fiscais

Se você ainda não tem essa documentação, não se preocupe, o processo de formalização é simples. Se você pretende ser MEI, basta acessar o Portal do Empreendedor e cadastrar a sua empresa. Em poucos minutos você completa o processo. Porém, caso seu CNPJ seja superior ao MEI, recomendamos que você busque um contador para te ajudar na construção e registro dos documentos. 

Para outras classificações, você também pode entrar com o pedido de abertura da empresa pela internet ou presencialmente. Mas você irá precisar de mais algumas documentações e informações. Entre elas estão: o NIRE (Número de Identificação do Registro da Empresa) e a FCPJ (Ficha Cadastral da Pessoa Jurídica). 

Quais os benefícios de vender em um marketplace? 

Um marketplace tradicional pode ser uma grande oportunidade para os lojistas experientes ampliarem o seu alcance. E para os lojistas iniciantes, pode ajudá-los a estruturarem os seus negócios, contando com auxílio profissional para um crescimento ainda mais acelerado. 

Além de contar com a grande estrutura de e-commerce e logística que os marketplaces oferecem e com toda a visibilidade dos sites, uma grande vantagem que os lojistas têm ao  apostarem nestes canais é: zero investimento inicial! Você não paga nada para anunciar os seus produtos, sendo cobrado apenas pelas vendas fechadas na plataforma. 

Na Americanas Marketplace, por exemplo, é cobrada uma comissão sobre o pedido vendido na plataforma. Independentemente da forma de pagamento que o cliente optar ou se ele irá parcelar a compra, o parceiro ainda recebe o valor total de uma vez. 

Fora isso, ainda há treinamentos disponíveis pra auxiliar a loja a executar as principais funções na plataforma e a se desenvolver. São muitas dicas de especialistas de negócios com foco em ajudar o lojista a traçar e conquistar suas metas de curto, médio e longo prazo.

Americanas Marketplace 

Os sites que compõem a Americanas Marketplace recebem mais de 1 bilhão de visitas e contam com uma base de mais de 49 milhões de clientes ativos. Essa estrutura garante muito mais visibilidade para seus produtos, com todos os benefícios de anunciar e vender nas lojas mais conhecidas e consolidadas da internet. 

Clique aqui, cadastre-se e comece hoje mesmo!

Leia também:

O que é marketplace e como ele facilita a venda de seus produtos?

O que é e como vender na Americanas Marketplace?

Como vender online e fazer entrega na vizinhança?

Americanas Marketplace

Somos a plataforma para você vender seus produtos nas principais lojas virtuais do país: Americanas, Submarino, Shoptime e Americanas Empresas. Aqui seu negócio vai mais longe!

veja ainda:

customer experience - destaque

Customer experience: o que é, importância e aplicação

O foco em customer experience ajuda a fidelizar seus clientes e melhorar a relação deles com a sua marca A […]

google analytics - destaque

Google Analytics 4: como funciona o GA4?

Descubra como funciona o Google Analytics 4, a nova versão da ferramenta do Google! O Google Analytics 4, também chamado de […]

dia dos namorados - destaque

Dia dos namorados: como se preparar para vender na data?

O Dia dos Namorados é uma boa oportunidade para a venda de itens de diferentes categorias. Veja como se organizar […]