Ideias de negócios: 8 sugestões para você começar a empreender

por Americanas Marketplace

29 de dezembro de 2021

Empreender está nos seus planos? Descubra algumas ideias de negócios para você começar

Analisar algumas ideias de negócios e começar o seu próprio empreendimento é o sonho de muita gente. Segundo a Global Entrepreneurship Monitor (GEM), empreender está em quarto lugar na lista de desejos dos brasileiros, ficando atrás apenas de comprar um carro, comprar uma casa e viajar. 

Nos últimos anos, muitas pessoas começaram a tirar esse sonho do papel, tanto que o país chegou a registrar um número recorde de novas empresas abertas em 2020, encerrando o ano com cerca de 20 milhões de negócios, de acordo com o Ministério da Economia. 

Se você também quer tirar suas ideias do papel e começar a empreender, mas não sabe muito bem por onde começar, confira algumas sugestões fáceis para entrar no mundo dos negócios. 

Como criar ideias de negócios? 

O primeiro passo para começar a empreender é entender o tipo de oportunidade que você busca. Ter um negócio alinhado com os seus gostos e propósitos fará com que você tenha mais facilidade de desenvolver estratégias assertivas e tenha familiaridade com os produtos.

Além disso, ao escolher uma ideia de negócio, busque fazer uma boa pesquisa de mercado para entender como a concorrência atua dentro desse nicho e como você pode se diferenciar. 

Conheça algumas ideias de negócios 

Confira uma lista com algumas ideias de negócios que podem ser ideais para você começar a empreender: 

1. Loja virtual

Comprar online já se tornou um forte hábito dos brasileiros, por isso, muitos empreendedores estão optando por iniciar seus negócios diretamente no universo digital. Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, 150 mil novas lojas virtuais foram

abertas apenas entre os meses de março e julho de 2020.

Hoje, é possível encontrar muito conteúdo e apoio na internet para começar uma loja virtual. Além disso, esse modelo de negócio exige menos investimentos do que a abertura de uma loja física, podendo ser uma ótima opção para começar o seu negócio

2. Importação de produtos

Essa é uma boa opção para quem busca uma ideia de negócio com um sortimento mais diversificado. O processo de importação de produtos pode parecer complicado, porém, atualmente, diversos serviços facilitam esses recursos para os lojistas com foco em diferentes países, mas especialmente para quem deseja importar da China para revender aqui no Brasil. 

Caso você opte por essa opção, faça uma boa pesquisa sobre o segmento e busque fornecedores de confiança para garantir os seus produtos com segurança. Além disso, não deixe de estudar um pouco sobre os impostos de importação, os processos de desembaraço aduaneiro e o uso do sistema governamental para importação, o Siscomex. Isso te dará maior maturidade no processo e ajudará a evitar problemas.

Se tiver muitas dúvidas, não deixe de procurar por empresas especializadas e que te ajudem no processo. 

3. Dropshipping

Nesse modelo de negócio, você trabalha como um intermediário entre os fornecedores e o consumidor final, ou seja, o seu foco principal será encontrar os clientes e criar um relacionamento com eles. 

Na prática, o processo de dropshipping funciona da seguinte forma: o cliente faz um pedido na sua loja, você notifica os fornecedores e eles realizam a entrega. Assim, você tem mais flexibilidade e aposta em um negócio de baixo investimento.

3. Infoprodutos

Os infoprodutos são aqueles materiais de consumo digital, como e-books, audiobooks, cursos online, entre outros. Normalmente, eles focam em conteúdos mais educativos e têm um grande potencial de vendas, já que um único produto pode ser vendido diversas vezes. 

Outra vantagem é que o investimento para a produção desses produtos é muito menor do que o necessário para um conteúdo físico, tornando essa ideia de negócio uma opção bem vantajosa.  

ideias de negócios - interna

4. Revenda de produtos

Essa pode ser uma ótima ideia de negócio para quem quer começar a vender, já que, nesse modelo, você não precisa se preocupar com a produção dos itens. Na revenda de produtos, o profissional trabalha como um intermediário entre o consumidor final e o local de origem do produto (fabricante ou fornecedor). 

Hoje, existem diferentes tipos de revenda de produtos, mas independentemente do modelo que você escolher, lembre-se de sempre buscar pessoas de confiança para realizar as suas negociações e iniciar o seu negócio. 

5. Blog

Se você gosta de produzir conteúdo, criar um blog para compartilhar seus interesses pode ser um negócio rentável. Pesquise algumas opções de plataforma, escolha um tema com o qual você tenha familiaridade e comece o seu negócio.

Um blog com alto tráfego orgânico é uma ótima forma de atrair leads qualificados para o seu negócio. Sendo assim, estude bastante sobre marketing de conteúdo, SEO e técnicas de redação para aumentar a visibilidade do seu blog e atrair leitores cada vez mais engajados. 

Outra opção similar que está em alta é criar um canal no Youtube ou uma página em rede social que gere engajamento em um determinado nicho e que pode vir a gerar renda em algum momento.

6. Marketing de afiliados

Essa é uma boa ideia de negócio para quem está começando e possui um orçamento mais limitado. O modelo consiste em divulgar um produto, infoproduto ou serviço em plataformas online. 

Não é preciso ter estoque do item anunciado: você atua como um divulgador, ou seja, um promotor do produto, para sua rede. Você promove e incentiva a compra desses itens e depois recebe uma comissão pelas aquisições realizadas pelo seu link. 

7. Venda de alimentos

Se você gosta de cozinhar, que tal transformar esse hobby em um negócio rentável? A venda de alimentos pela internet ganhou muita relevância nos últimos anos. Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, em maio de 2020, o aumento das vendas foi de 339%, se comparado com maio de 2019.

As opções para venda de alimentos são incontáveis, assim como as opções de canais para tirar essa ideia de negócio do papel. Você pode vender de doces à alimentos congelados e pode fazer seus anúncios nas redes sociais ou até em plataformas mais robustas, como em aplicativos de entrega. 

8. Venda em marketplaces

Os marketplaces funcionam como grandes shopping centers virtuais, onde lojistas de todos os tamanhos, segmentos e experiências podem anunciar seus produtos em sites consolidados no mercado. 

A Americanas Marketplace, por exemplo,  possibilita que os lojistas vendem nos maiores sites de venda da internet – a Americanas, a Americanas Empresas, o Submarino e o Shoptime. Dessa forma, os lojistas contam com toda a visibilidade e relevância desses sites e a expertise dos especialistas da americanas s.a. 

Apesar de muitos lojistas utilizarem o marketplace como um canal adicional para as vendas, ele é uma excelente opção para começar o seu e-commerce, já que ele não exige nenhum investimento inicial. Você não paga nada para cadastrar os seus produtos e anunciar nos sites e é cobrado apenas de uma comissão pelas vendas realizadas. 

Dentro dos marketplaces, os lojistas ainda contam com diversas soluções de entrega, logística, publicidade e capacitação para que eles operem cada vez melhor suas lojas e impulsionem suas vendas. 

Seja um lojista parceiro da Americanas Marketplace. Cadastre-se!

Antes de tudo: formalize sua empresa!

Tanto para vender nos marketplaces quanto para qualquer uma das ideias de negócios acima, é muito importante que você sempre busque formalizar a sua operação, criando um CNPJ e emitindo notas fiscais, para que o seu negócio funcione de forma segura.

E aí, preparado para tirar as suas ideias de negócios do papel e começar a empreender? Escolha o modelo ideal para você e boas vendas! 

Leia também:

Matriz BCG: aumente as vendas e impulsione seu negócio

5 dicas para fazer seu controle de caixa

Americanas Marketplace: o que é e como vender neste canal?

Americanas Marketplace

Somos a plataforma para você vender seus produtos nas principais lojas virtuais do país: Americanas, Submarino, Shoptime e Americanas Empresas. Aqui seu negócio vai mais longe!

veja ainda:

grocery - destaque

O que é grocery e como vender na categoria?

A categoria de grocery concentra as vendas de alimentos e bebidas pela internet. Mas a venda destes itens requer atenção […]

coisas para revender - destaque

9 coisas para revender e ganhar dinheiro

Conheça algumas opções de coisas para revender e ter um negócio ainda mais lucrativo  Que existe uma série de coisas […]

vender produtos de limpeza - destaque

7 dicas para você vender produtos de limpeza

Tudo que você precisa saber para vender produtos de limpeza na internet  Comprar online já faz parte da rotina de […]