Importador de eletrônicos: onde encontrar e como se tornar um?

por Americanas Marketplace

13 de março de 2023

Saiba tudo sobre como se tornar um importador de eletrônicos ou encontrar um para diversificar o sortimento da sua loja 

Independentemente se você busca um importador de eletrônicos ou quer se tornar um, nós temos todas as dicas para você! 

A indústria de eletrônicos está em constante evolução, com novas tecnologias e produtos sendo lançados continuamente. E são os importadores de eletrônicos que trazem esses novos itens para o mercado, atendendo a alta demanda dos consumidores que anseiam por essas novidades. 

Para você ter uma ideia, de acordo com uma pesquisa da All in com a Opinion Box, a categoria de eletrônicos foi a terceira que mais faturou no e-commerce brasileiro em 2022.

Já quando consideramos o sortimento, essa categoria também é bastante vasta, 

trazendo desde caixas de som e monitores até acessórios para áudio e vídeo, como fones de ouvido, e smartwatches.

Então, entenda como você pode encontrar um importador de eletrônicos ou se tornar um para revender esses produtos aos seus clientes. 

Como encontrar um importador de eletrônicos? 

Você busca um importador de eletrônicos para trazer produtos diferenciados e importados para o seu negócio? Essa é uma ótima forma de se diferenciar da concorrência por meio dos seus produtos e sair na frente. 

Se esse é o seu interesse de negócio, o ideal é que o seu primeiro passo seja realizar uma pesquisa de mercado para identificar um nicho com o qual você quer trabalhar. Como o segmento é bastante variado, você pode optar por vender acessórios, itens relacionados a áudio, produtos mais premiums ou até mais acessíveis. 

Em um primeiro momento, é sempre interessante que você foque em um nicho específico para conseguir ir se habituando ao segmento ao mesmo tempo que você tem menos despesas. Depois, conforme o seu negócio for se estruturando, você pode diversificar o sortimento.

Com um nicho definido, sua busca por um importador de eletrônicos será ainda mais simples e assertiva. Afinal, você saberá exatamente o tipo de produto que está buscando. E isso pode ser feito de duas formas: 

Busca online

A internet facilitou o contato e o relacionamento entre marcas e fornecedores de diferentes localidades. Com poucos cliques, você consegue descobrir diferentes formas de importar produtos para a sua loja. 

Você pode encontrar um importador de produtos aqui no Brasil, que já realiza os processos de importação previamente, ou você pode até encontrar empresas que auxiliem no processo de importação. 

A ST Importações, por exemplo, conta com um time de especialistas para ajudar lojistas a importar da China. Eles ajudam em todo o processo, desde a escolha dos fornecedores e dos produtos que podem ser mais rentáveis, até no desembaraço aduaneiro e transporte.

Busca física 

Independentemente se você vende online ou em um estabelecimento físico, poder contar com um importador de eletrônicos localizado perto da sua loja ou estoque pode fazer uma grande diferença nos resultados do seu negócio.

Por conta da localização mais próxima, você consegue reduzir custos logísticos e negociar melhores prazos para a entrega dos produtos, agilizando esse processo. Além disso, em casos de problemas ou imprevistos, fica ainda mais fácil chegar a uma solução, do que quando você trabalha com um importador de eletrônicos localizado em outro Estado ou até outro país. 

O ideal é que você comece a sua busca física em alguns pólos de venda. Em São Paulo, por exemplo, há lugares como a 25 de março ou a Feira da Madrugada. Depois estenda a sua busca para outras regiões ou visitando feiras e exposições de eletrônicos para conhecer novos negócios. 

Como se tornar um importador de eletroeletrônicos? 

Antes de se tornar um importador de eletrônicos, você deverá passar por algumas etapas básicas para estruturar o seu negócio. Confira um passo a passo completo:

importador de eletrônicos - interna

1 – Defina um nicho de mercado

Como vimos anteriormente, o segmento de eletrônicos é bastante vasto e está em constante crescimento. Então, aqui, o seu primeiro passo para se tornar um importador de eletrônicos também será definir um nicho de produtos

Uma dica para esta etapa é escolher algo que você tenha mais familiaridade, o que irá facilitar o seu entendimento sobre os produtos que você vende. Além disso, você terá mais noção do segmento, das tendências, da qualidade dos produtos e das expectativas dos seus clientes. 

Identificar esse nicho será essencial para o desenvolvimento do seu negócio, fazendo com que você busque bons fornecedores ou parceiros de importação, e que você tenha vantagem competitiva frente aos seus concorrentes.

2 – Crie um plano de negócios

Com um nicho de mercado definido, você pode passar para a segunda etapa para se tornar um importador de eletrônicos: desenvolver um plano de negócio. Ou seja, você irá estruturar todas as metas, objetivos, estratégias e projeções financeiras do seu negócio. 

Será essencial que você faça uma boa pesquisa de mercado para entender melhor a atuação dessa categoria, o comportamento de compra dos clientes e também como os seus concorrentes diretos estão trabalhando. 

Essa etapa será primordial para o sucesso do seu negócio como um importador de eletrônicos, afinal, é a partir dela que você irá definir todos os detalhes da sua operação.

3 – Estabeleça o seu processo de importação 

Nessa etapa, você deve entender exatamente como será feito o seu processo de importação de produtos, estabelecendo parcerias com fornecedores e outros serviços que podem auxiliar nesse momento. 

Ter um bom relacionamento com esses parceiros será essencial para garantir uma colaboração de confiança e que te auxilie a longo prazo, garantindo o desenvolvimento do seu negócio como um importador de eletrônicos.  

Como vimos previamente, já existem algumas empresas, como a ST Importações, que auxilia lojistas que desejam se tornar um importador, apoiando todo o processo de importação de ponta a ponta. 

4 – Obtenha as licenças e autorizações necessárias

Tornar-se um importador de eletrônicos requer algumas documentações específicas para garantir a regularização e segurança do processo, evitando complicações legais. Assim, antes de começar o seu negócio, certifique-se de obter as licenças e autorizações necessárias para realizar suas importações, além de checar sempre o fornecimento de notas fiscais nas transações de importação dos produtos. 

Como você pode ver, trabalhar com produtos importados exige bastante atenção dos lojistas, afinal, você precisa garantir a qualidade dos produtos que você irá revender aos clientes e a regularidade da sua operação. Prestando atenção a esses detalhes, você consegue trazer produtos de sucesso e atender às demandas dos seus consumidores com facilidade. 

Agora que você já sabe todas as dicas para encontrar ou se tornar um importador de eletrônicos, chegou a hora de colocar tudo em prática e começar a sua operação. Boas vendas!

Leia também:

Jornada do cliente: o que é e como funciona?

Por que é importante ter produtos à pronta-entrega ao vender online?

8 dicas para vender vídeo game e PCs gamer online

Americanas Marketplace

Somos a plataforma para você vender seus produtos nas principais lojas virtuais do país: Americanas, Submarino, Shoptime e Americanas Empresas. Aqui seu negócio vai mais longe!

veja ainda:

esg - destaque

O que é ESG? Entenda a importância e como adotar

Adotar práticas ESG não é apenas uma tendência corporativa, mas uma necessidade urgente para empresas que buscam sustentabilidade e responsabilidade […]

recrutamento - destaque

Recrutamento: quais os tipos mais comuns e como fazer?

O recrutamento e seleção de novos funcionários é uma etapa que todo empreendedor vivencia ou irá vivenciar. Mas é preciso […]

customer experience - destaque

Customer experience: o que é, importância e aplicação

O foco em customer experience ajuda a fidelizar seus clientes e melhorar a relação deles com a sua marca A […]