Trabalhar em casa: como começar?

por Americanas Marketplace

30 de março de 2023

Trabalhar em casa se tornou o desejo de diversos brasileiros. Entenda os benefícios desse modelo e como começar 

Durante a pandemia, trabalhar em casa se tornou uma realidade para muitos… Realidade essa que caiu no gosto de vários brasileiros, que hoje seguem procurando oportunidades para continuar esse modelo remoto de trabalho. 

Com o home office imposto pelo distanciamento social, profissionais de diferentes áreas foram descobrindo os benefícios de trabalhar em casa e desejando que esse modelo de trabalho fizesse parte do dia a dia mesmo após a pandemia. 

Uma pesquisa realizada pela Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (FEA-USP) e pela Fundação Instituto de Administração (FIA) em 2021, mostrou que 73% das pessoas estavam satisfeitas com o trabalho em casa e que 78% desejava manter a mesma rotina após a pandemia. 

Os benefícios de trabalhar em casa 

Antes de mais nada, é importante destacar que, diferentemente do que muitas pessoas pensam, as demandas e obrigações do profissional continuam as mesmas quando o trabalho é feito remotamente. O que muda é apenas o ambiente onde ele as realiza, que pode ser em casa ou em qualquer outro lugar. 

E essa simples mudança de ambiente pode trazer diversos benefícios que só são possíveis quando você trabalha em casa, e não precisa se deslocar até o escritório para cumprir suas responsabilidades.

Flexibilidade

Trabalhar em casa possibilita que as pessoas tenham agendas mais flexíveis, permitindo também um maior controle sobre o tempo que elas gastam para realizar as tarefas – sejam do trabalho ou não. 

Essa flexibilidade oferecida pelo trabalho remoto pode ser especialmente útil para que os profissionais lidem com as responsabilidades fora do período de trabalho, como cuidar dos filhos e familiares, investir em hobbies, entre outros. 

Autonomia para trabalhar 

Ao trabalhar em casa, você realiza suas tarefas do dia a dia sem ninguém do seu lado, o que dá mais autonomia para os profissionais que, a partir disso, conseguem controlar melhor seus horários de trabalho e se organizar na execução de atividades. 

Dessa forma, é possível adaptar melhor suas atividades e horários de acordo com a sua rotina e tarefas do dia a dia.

Economia de tempo e dinheiro

Para os profissionais, trabalhar em casa significa que eles não precisam gastar tempo para se deslocar até os escritórios. Ou seja, pode dizer adeus ao trânsito ou até ao transporte público lotado. 

Essa vantagem também vai além do tempo, uma vez que, trabalhando de casa, você não precisa gastar com passagens de transporte ou gasolina para se deslocar até o local de trabalho, acarretando também uma economia de dinheiro.

E a economia de dinheiro não se dá apenas para os profissionais. As empresas também podem se beneficiar do trabalho remoto, já que com os seus colaboradores trabalhando de suas respectivas casas, eles podem reduzir custos com um espaço físico e todos os gastos que isso implica, como energia, materiais e outros investimentos necessários para manter um escritório e pessoas utilizando aquele ambiente. 

Ambiente confortável de trabalho

Para muitas pessoas, trabalhar em casa é uma opção mais confortável do que trabalhar em um escritório. Em casa, você tem mais liberdade para estruturar o seu ambiente de trabalho conforme as suas preferências e necessidades. 

Maior produtividade

Para muitas pessoas, trabalhar em casa também é sinônimo de produtividade. O ambiente mais cômodo e a maior flexibilidade para estruturar a rotina do dia a dia fazem com que elas sejam mais produtivas na hora de realizar suas demandas. 

Além disso, trabalhar em casa também faz com as pessoas evitem as distrações do escritório, como conversas de colegas, interrupções ao longo do dia e possíveis reuniões de última hora. 

Melhor equilíbrio entre a vida pessoal e o trabalho

Com todos os benefícios que pontuamos anteriormente, trabalhar em casa permite que os profissionais tenham um maior equilíbrio entre a vida pessoal e o trabalho. Isso porque o trabalho remoto permite que as pessoas tenham mais tempo para cuidar da saúde física e mental, melhorando o seu bem-estar diário. 

Além disso, com a economia de tempo facilitada pelo trabalho em casa, há mais oportunidades para as pessoas passarem tempo com as famílias, desenvolverem hobbies ou outros interesses, uma vez que, elas têm mais tempo livre para aproveitar da forma como quiserem. 

Desafios que podem aparecer ao trabalhar em casa

Apesar de oferecer diversas vantagens, trabalhar em casa também pode apresentar alguns desafios. O mais importante é que você fique por dentro dessas adversidades que podem acontecer nesse modelo de trabalho e entenda como superá-las. 

Falta de interação social

Trabalhar em casa tem seus benefícios, mas também pode ser bem solitário. No escritório, os profissionais socializam e trocam com os colegas durante todo o período de trabalho, além de período de deslocamento que, para algumas pessoas, também é um momento de socialização. 

Ao trabalhar em casa, esse contato com os colegas de trabalho fica restrito às mensagens e vídeo chamadas, o que pode fazer com que alguns profissionais se sintam mais sozinhos. 

Dificuldade para separar o trabalho e a sua vida pessoal

Apesar de possibilitar que você tenha mais tempo para as questões pessoais, trabalhar em casa pode fazer com que você não saiba dividir muito bem o tempo de trabalho e um tempo para você mesmo. 

Por conta disso, alguns profissionais acabam trabalhando ainda mais, o que pode ser bastante prejudicial para a saúde. 

Falta de estrutura

Os escritórios oferecem uma estrutura completa com mesas, cadeiras e outros materiais necessários para o dia a dia de trabalho. Sem um ambiente planejado, trabalhar em casa pode ser um desafio para muitas pessoas, que acabam não conseguindo realizar as tarefas diárias pela falta de estrutura. 

Problemas de conexão 

Muitas vezes, trabalhar em casa significa trabalhar pela internet, já que grande parte das demandas exigem uma conexão estável com a internet. Assim, possíveis problemas de conexão podem afetar as suas tarefas do trabalho, diminuindo a sua produtividade e causando transtornos ao longo do dia. 

Melhores práticas para trabalhar em casa

Como falamos, agora que você conhece alguns dos desafios de trabalhar em casa, você sabe exatamente como se organizar para lidar com eles. Para te ajudar, separamos algumas dicas que podem fazer com que você trabalhe em casa de forma mais prática. 

Estabeleça uma rotina que funcione para você 

Criar uma rotina é essencial ao trabalhar em casa. Com horários certos para começar e terminar as suas demandas, além de pausas pré-estabelecidas, você se mantém produtivo e aproveita melhor o seu dia.  

Como o trabalho remoto oferece uma maior autonomia e flexibilidade, você pode criar essa rotina de uma forma bem pessoal, ou seja, com os melhores horários para você. 

Organização é a palavra-chave

Como falamos anteriormente, trabalhar em casa oferece uma grande independência ao profissional. Assim, para manter a disciplina ao longo do dia, é preciso se organizar em todos os sentidos – seja no ambiente onde você irá trabalhar ou na execução das suas tarefas. 

Essa organização será essencial para te deixar focado e potencializar a sua produtividade e fazer com que você não se esqueça de nenhuma das suas obrigações do dia ou dos seus prazos de entrega.

Crie listas, defina prioridades, estabeleça metas, organize o seu espaço de trabalho e use o calendário a seu favor para fazer com que a organização se torne um hábito natural ao trabalhar em casa. 

Tenha uma boa comunicação com os colegas de trabalho 

Ao trabalhar em casa, você não tem mais aquela interação constante e próxima com os colegas de trabalho que acontece normalmente no escritório. Em algumas situações, isso vem como algo positivo, uma vez que, você evita esse tipo de distração ao longo do dia. 

Porém, em outros momentos, não estar próximo de um colega pode fazer falta, e a perda dessa interação pode tornar o trabalho remoto até um pouco solitário. Por isso, manter a comunicação em dia com a sua equipe e com os colegas de trabalho será essencial.

Enquanto no trabalho presencial você pode encontrar os seus colegas de trabalho rapidamente para tirar dúvidas e fazer definições. Ao trabalhar em casa, você precisa enviar mensagens, fazer ligações ou marcar reuniões remotas. O mais importante é que você sempre seja objetivo e prático nesses momentos para resolver as situações de forma rápida e eficaz. 

Crie um espaço de trabalho adequado para o seu dia a dia 

A organização do ambiente físico é essencial ao trabalhar em casa. Ter um espaço dedicado e adequado para realizar as suas atividades do serviço será primordial para manter a sua produtividade e fazer com que você evite possíveis distrações dentro de casa. 

Você não precisa ter os melhores equipamentos ou criar um ambiente super elaborado, mas que seja um local exclusivamente seu e que te ajude a se concentrar no momento de trabalho. Uma mesa, uma cadeira confortável e um pouco de espaço para os seus materiais já vão te ajudar muito nesse momento. 

Faça pausas durante o dia 

Como falamos anteriormente, saber equilibrar o seu tempo de trabalho e o seu tempo pessoal é um dos grandes desafios do trabalho remoto, mas também é um dos benefícios, uma vez que, você tem ainda mais tempo para você ao trabalhar em casa. 

A verdade é que, ao trabalhar no escritório, os profissionais acabam fazendo pausas constantes ao longo do dia, seja para conversar com um colega ou para pegar um cafezinho durante a tarde. 

Assim, ao trabalhar em casa, esse hábito não deveria ser diferente. Fazer pausas ao longo do dia irá te ajudar a evitar o esgotamento. Faça pequenas pausas, melhore a sua produtividade e faça com que o seu trabalho flua ainda melhor. 

Como começar a trabalhar em casa?

O primeiro passo para você trabalhar em casa é definir exatamente como você deseja trabalhar. Você pode conseguir um trabalho que possibilita que você trabalhe remotamente ou você abrir o seu próprio negócio. Confira. 

Se você quer abrir o próprio negócio…

Se você deseja empreender para ganhar mais liberdade, independência e trabalhar em casa. Existem algumas opções simples para você abrir o seu próprio negócio e começar:

1 – Revenda produtos ou serviços online

A revenda de produtos ganhou um espaço significativo no e-commerce nos últimos anos. Isso porque esse modelo de venda se tornou uma opção barata e lucrativa para quem quer entrar no e-commerce e trabalhar em casa. 

O crescimento acelerado do e-commerce, fez com que empreendedores buscassem diferentes formas de entrar na onda das vendas pela internet. E a revenda de produtos aparece como uma opção simples para começar. 

Hoje, existem diferentes tipos de revenda de produtos, o que possibilita que você tenha um leque ainda maior de possibilidades para começar o seu negócio nesse formato. 

Há a revenda por consignação, que é quando você estabelece uma parceria com os seus fornecedores e recebe uma comissão sobre a venda dos produtos. A venda por catálogo é um modelo bem conhecido no Brasil, principalmente entre as marcas de cosméticos. Nela, o revendedor realiza as vendas utilizando apenas um catálogo de produtos, que é apresentado aos clientes. No final, o revendedor recebe conforme a quantidade de vendas realizadas. 

Outra opção que tem ganhado destaque é a revenda de produtos importados. Apesar do processo de importação parecer burocrático, com as informações corretas sobre os procedimentos legais, é possível comprar e revender produtos importados facilmente.

Hoje, existem empresas especializadas nesse modelo de revenda, que ajudam empreendedores a importar da China e oferecem auxílio durante todo o processo, desde a escolha dos melhores fornecedores e produtos até o desembaraço aduaneiro. 

Se você quer começar a revender produtos pela internet e trabalhar de casa, confira 9 coisas para você revender e ganhar dinheiro.

trabalhar em casa - interna
2 – Abra um e-commerce ou venda produtos em um marketplace

A internet chegou para facilitar a entrada dos lojistas no mercado varejista. Antes, ter o próprio negócio era sinônimo de abrir um comércio físico, o que pode ser bem burocrático e exige um investimento alto apenas para começar. 

Vender no e-commerce se tornou uma opção mais simples, rápida e barata para quem quer abrir o próprio negócio e trabalhar em casa. Afinal, com a internet, você pode vender qualquer produto sem precisar investir em um local físico ou até sair de casa. 

Hoje, existem plataformas consolidadas que facilitam a entrada de lojistas no e-commerce e abrem portas para quem quer dar os primeiros passos nas vendas online, como os marketplaces.

Os marketplaces funcionam como shopping centers online, onde lojistas de todos os tamanhos, segmentos e experiências podem se cadastrar e anunciar seus produtos em grandes sites da internet. Ou seja, você pode montar sua loja virtual do zero em um marketplace e vender para uma base consolidada de clientes e a confiabilidade das marcas por trás dessas plataformas. 

O investimento é um dos maiores diferenciais dos marketplaces, pois eles não cobram taxa de cadastro ou mensalidade para você começar a vender. Grande parte dos marketplaces trabalha com um esquema de comissões, onde os lojistas parceiros só pagam uma comissão sobre os itens vendidos na plataforma, ou seja, só pagam quando vendem.  

3 – Comece um negócio fazendo dropshipping 

O dropshipping é um modelo logístico que chegou para facilitar o processo de venda, principalmente para aqueles que querem vender online sem precisar investir em comprar os produtos e montar um estoque. 

Nesse modelo, o lojista trabalha apenas como um intermediário entre o fornecedor ou fabricantes dos produtos e os consumidores finais. 

Ou seja, ele só precisa criar um espaço online para anunciar os produtos. Quando o cliente confirma um pedido, o lojista passa todos os detalhes – item, quantidade, endereço de entrega – para o fornecedor que será responsável pela separação, embalagem e envio dos produtos. 

Assim, o dropshipping é um modelo mais em conta para quem quer começar a vender online, já que não exige grandes investimentos e permite trabalhar em casa, uma vez que, a sua responsabilidade será anunciar os produtos e passar as informações para os fornecedores ou fabricantes parceiros. 

4 – Venda produtos artesanais 

Se você manda bem nos trabalhos manuais e gosta de criar produtos artesanais, saiba que você pode viver com a renda do que você faz! Dessa forma, você transforma o que era apenas um hobby ou passatempo em profissão, e gera uma renda dessa forma. 

Com a facilidade de venda online por meio de plataformas de e-commerce, como os marketplaces, e as redes sociais, expor e vender itens de produção artesanal ficou ainda mais fácil. 

Assim, você pode vender seus produtos artesanais na internet, dando ainda mais visibilidade e alcance para as suas produções e garantindo o seu crescimento financeiro. 

5 – Comece a produzir conteúdo para a internet

Com o crescimento das redes sociais, a produção de conteúdo – seja ele escrito, em vídeo ou até fotos – se tornou uma forma bem comum de monetizar suas criações e trabalhar em casa. E a melhor parte é: você pode criar conteúdos sobre qualquer assunto! 

Viagens, esportes, maquiagem, filmes… Basta você escolher um tema com o qual você se identifique e saiba falar ou produzir conteúdo de qualidade sobre. 

Uma opção para começar a trabalhar em casa produzindo conteúdo para a internet é criando um blog. Dessa forma, você tem total liberdade para criar conteúdo em diversos formatos e falar sobre o que você se interessa ou tem mais conhecimento sobre. 

Caso você crie um blog, a divulgação dele será essencial. Afinal, você precisa fazer com que o público encontre e conheça o seu blog. Nesse caso, é importante que você divulgue o blog para amigos, familiares e conhecidos, além de aproveitar  toda a visibilidade e alcance das redes sociais para mostrar os seus materiais. 

Você também pode pular a criação do blog e ir direto para as redes sociais. Hoje, muitas pessoas já aproveitam canais como Instagram e TikTok para criar conteúdos sem sair de casa e conseguem monetizar essas criações por meio de parcerias.

Claro, as redes sociais vão além da produção de conteúdo escrito, sendo assim, é preciso mandar bem na captação e edição de fotos e vídeos. A produção de conteúdo audiovisual também está em alta nas redes sociais, então, se isso é algo que você sabe fazer, você pode usar isso para trabalhar em casa. Diversas marcas e empresas buscam profissionais de foto e vídeo para garantir conteúdos de qualidade. 

6 – Se torne um professor(a) online

O distanciamento social causado pela pandemia fez com que diversos processos fossem digitalizados, inclusive aulas, cursos e outros formatos de ensino. Hoje, diversas plataformas possibilitam que qualquer pessoa disponibilize cursos ou aulas online e ganhe dinheiro ensinando sobre qualquer assunto. 

Se esse segmento é algo que faz sentido para você, dar um curso ou aulas online pode ser uma ótima forma de você trabalhar de casa. Afinal, nesse momento, você tem total liberdade para criar a sua rotina de trabalho, pois você ficará responsável por desenvolver as aulas e subir na plataforma. 

Se você quer uma vaga remota…

Se você já tem uma carreira estabelecida e quer apenas ter a oportunidade de trabalhar em casa enquanto continua na sua área, existem algumas oportunidades no mercado que podem te ajudar. 

1 – Busque vagas remotas 

Hoje, diversas empresas mantiveram o formato de trabalho remoto, dado os benefícios que o formato proporciona aos colaboradores. Assim, o que você pode fazer é focar em buscar vagas que te permitam trabalhar em casa. 

Sites com LinkedIn e Gupy permitem que você filtre as oportunidades de trabalho remoto, facilitando a sua busca. 

2 – Trabalhe como freelancer 

Outra opção para trabalhar em casa é realizar trabalhos como freelancer. Diversas empresas oferecem cargos temporários em diversas áreas e segmentos para profissionais realizarem diferentes tarefas sem sair de casa. Hoje, existem plataformas consolidadas que conectam freelancers e empresas, facilitando que você comece a trabalhar dessa forma. 

Se você manda bem na escrita, você pode produzir conteúdo como freelancer ou até fazer a revisão de alguns textos prontos. Ou se você tem familiaridade com idiomas, uma opção interessante para você trabalhar em casa é realizando serviços de tradução de texto. Diversas empresas buscam profissionais que ofereçam esse tipo de atividade.

Para começar como freelancer, você pode criar um portfólio que apresente alguns trabalhos prévios e demonstre suas habilidades. Você também pode aproveitar o potencial das redes sociais, como LinkedIn ou até mesmo o Instagram e o TikTok, para divulgar seus trabalhos e ganhar mais visibilidade.

Outras opções para trabalhar em casa

Além das opções que vimos ao longo do texto, existem outras oportunidades para trabalhar em casa sem a necessidade de abrir um negócio. Veja como você pode conseguir uma renda extra sem sair de casa: 

Marketing de afiliados

Com o crescimento acelerado das vendas online, o marketing de afiliados ou programa de afiliados tem aparecido como uma opção em alta para conquistar uma renda extra. Principalmente quando consideramos a força das redes sociais e dos influenciadores digitais. 

O marketing de afiliados funciona da seguinte forma: os afiliados de uma marca divulgam os produtos ou serviços dessa empresa em seus canais digitais e recebem comissões pelas vendas fechadas por influência deles, normalmente por meio de um link personalizado, criado pela própria marca. 

Esse modelo de negócio já ficou tão conhecido que diversas marcas e plataformas passaram a facilitar o processo para aqueles que desejam se tornar afiliados. Assim, por meio de programas consolidados, eles facilitam o cadastro desses afiliados e a disponibilização dos links personalizados. 

Responda pesquisas online

Para que os negócios entendam melhor o comportamento de compra do público diante de seus produtos ou serviços, eles realizam pesquisas online e remuneradas. Dessa forma, eles conhecem melhor seus interesses, dores, expectativas e até experiências prévias, podendo utilizar esses insights para criar estratégias ainda mais eficientes. 

Assim, responder essas pesquisas pode ser uma oportunidade para quem quer trabalhar em casa e ganhar uma renda extra, já as empresas recompensam os participantes pagando valores em dinheiro ou alguns benefícios dentro de seus sites. 

Hoje, existem diversos sites e plataformas especializadas nessas pesquisas, conectando empresas e consumidores. Assim, basta realizar o seu cadastro e começar a trabalhar em casa, respondendo pesquisas e compartilhando suas experiências de compra. 

Como aproveitar seu tempo em casa?

Para quem se deslocava por horas até chegar ao escritório, trabalhar em casa significa uma boa readaptação, inclusive em relação ao tempo livre com o deslocamento. Estas horas a mais no dia podem significar tempo extra para tirar do papel aquelas coisas que você gostaria de fazer, mas sempre adiou.

Veja uma lista de coisas que você pode fazer com o tempo que está poupando no deslocamento até o trabalho ao trabalhar home office:

1 – Organizar a casa

Ao começar a trabalhar de casa, é preciso entender que esse é seu novo escritório. Por isso, é preciso manter seu escritório doméstico muito limpo e ordenado para desenvolver suas tarefas.

Mas, se um dia você se auto prometeu organizar as gavetas da cozinha, tirar as roupas velhas do guarda-roupa e dar uma geral naquilo que tem (e muitas vezes não usa), essa é uma boa hora de fazer isso.

Aproveite o tempo ganho do deslocamento e separe uns minutinhos do seu dia para revirar a casa e colocá-la em ordem!

2 – Passar mais tempo com a família (e animais de estimação)

O tempo poupado no trânsito até o escritório também é um momento que pode ser aproveitado para curtir mais a família e/ou animais de estimação.

É possível conversar mais, descontrair e dar apoio àqueles que você ama. 

Se você é mãe ou pai e desejava acompanhar mais de perto o crescimento dos filhos, esse tempo extra vai fazer uma grande diferença no seu dia!

3 – Aprender uma nova habilidade

Você comprou um violão, mas nunca tocou ou sempre quis se aventurar um pouco mais na cozinha, mas não achava tempo? Bem, as horas ganhas com a locomoção ao trabalhar em casa podem ajudar nesse momento.

Faça um curso novo. Aprenda um novo idioma. Toque. Cozinhe. Costure. Entenda como pode aproveitar o tempo extra para cumprir a lista de metas pessoais que você possui e que fará sua alma mais feliz.

4 – Ler aquela pilha de livros que você comprou (ou ver filmes que favoritou)

Há quem viva favoritando filmes e séries no streaming de vídeos, mas nunca comece a assistir de fato nem uma parte daquela lista. Também há os que amontoam uma lista de livros comprados e que ainda não estão nem no início de um deles.

Nos dois casos, o tempo ganho com deslocamento pode ser uma forma de obter algum conhecimento ou experiência nova. Que tal se desafiar a ler – ao menos – um novo capítulo de um destes livros empilhados a cada semana?

5 – Planejar o negócio

Já que você começou a trabalhar em casa, outra sugestão do que fazer com o tempo que ganhou de deslocamento, é olhar para o futuro do negócio.

Olhe para o cenário atual, defina metas de curto, médio e longo prazo e comece a olhar para elas. Entenda como pode dar pequenos passos até atingir seus objetivos mais pra frente.

Essa percepção mais detalhada do negócio vai te ajudar a estruturar o que precisa começar a fazer, agora, em seu dia a dia de trabalho, mas que terá um grande impacto no futuro.  

Como você pode ver, existem diferentes formas de trabalhar em casa. Algumas exigem mais dedicação, mas garantem um bom retorno financeiro, enquanto outras são mais simples e podem garantir uma renda extra no fim do mês. Cabe a você entender qual é a melhor opção para você e aproveitar todos os benefícios de trabalhar em casa, tendo mais tempo pra equilibrar resultados profissionais com sua vida pessoal.

Leia também:

O que é gestão empresarial?

Americanas Marketplace: o que é e como vender neste canal?

Comportamento de compra do cliente: 5 coisas para considerar

Americanas Marketplace

Somos a plataforma para você vender seus produtos nas principais lojas virtuais do país: Americanas, Submarino, Shoptime e Americanas Empresas. Aqui seu negócio vai mais longe!

veja ainda:

chat gpt - destaque

Chat GPT: o que é, atualizações e como utilizar no seu e-commerce

Descubra como a inteligência artificial do Chat GPT pode impulsionar as vendas do seu e-commerce com respostas instantâneas e personalizadas […]

loja virtual - destaque

Loja virtual: o que é, benefícios e como montar a sua

Descubra como montar uma loja virtual e aproveitar as oportunidades de venda no digital Uma loja virtual oferece uma plataforma para vender […]

lojas físicas visitas- destaque

Lojas físicas: 17 tendências para o futuro do varejo

As lojas físicas no Brasil precisam estar atentas às inovações e futuro do varejo. Veja algumas tendências As lojas físicas […]