6 dicas para vender jeans online

por Americanas Marketplace

2 de junho de 2022

Descubra as principais dicas e melhores práticas para vender jeans na internet

Com o alto desempenho da categoria de moda no e-commerce e os brasileiros cada vez mais acostumados com as compras online, vender jeans em uma plataforma digital pode ser uma ótima opção para quem quer começar um negócio ou diversificar os canais de venda. 

Segundo o Market Review: Tendências do E-commerce para 2022, realizado pela Bornlogic e Opinion Box, 55% dos consumidores brasileiros costumam comprar roupas online. Não é à toa que a categoria de Moda somou o maior número de pedidos no e-commerce em 2021 e ficou entre as cinco categorias que mais faturaram no ano, de acordo com a Neotrust. 

Ou seja, vender jeans online é apostar em uma das categorias que mais crescem no varejo e no formato de vendas de preferência dos consumidores. Então, para te ajudar, separamos algumas dicas e as melhores estratégias para você vender jeans na internet. 

1 – Conheça o mercado e o público

O primeiro passo antes de começar a vender jeans online é conhecer o mercado! Se você já tem uma loja física, essa etapa é muito importante para que você conheça melhor a atuação desse setor dentro do universo online. 

Sendo assim, realize uma boa pesquisa de mercado para entender como o segmento funciona dentro do digital. Busque pesquisas oficiais e busque quem são os seus concorrentes, veja como eles se posicionam e entenda as estratégias praticadas por eles. 

Dessa forma, você entenderá quais são as últimas tendências da categoria, os espaços que ainda podem ser explorados nesse mercado, o que falta e o que o seu negócio precisa para se diferenciar dos demais e ganhar espaço no mercado. 

Aproveite esse momento para também conhecer o seu público-alvo, mas vá além do gênero, idade e ticket médio –  que são os dados mais básicos – entenda o comportamento de compra dos clientes que compram jeans online e oque eles estão buscando. 

Descubra o que eles gostam e quais são as expectativas deles quanto aos seus itens. Essas informações te ajudarão a tomar decisões mais assertivas ao criar o seu plano de negócios, fazendo com que você segmente melhor suas estratégias e impacte as pessoas certas. 

2 – Defina o seu nicho  

Quando falamos em vender jeans, automaticamente pensamos em calças jeans, que são os itens mais tradicionais. Porém, o jeans é muito versátil, podendo ser confeccionado em diferentes peças, cores e até materiais. 

Por isso, é importante que você defina um nicho de mercado mais específico. Assim, você pode  se especializar melhor nesse segmento e conversar com os seus consumidores de forma mais assertiva.

Para vender jeans online, você pode apostar em um nicho de produtos focado em certo tipo de público, como moda feminina ou masculina, infantil ou plus size. Ainda há a opção de pensar em um segmento mais específico, como jeans básicos ou tonalizados, por exemplo. 

Além disso, não esqueça de pensar nos tipos de peças que você quer vender, já que o jeans pode vir em vestidos, casacos, saias, bermudas, coletes, shorts e muitas outras roupas. 

Ao realizar essas definições, recomendamos que você opte por trabalhar com algo que tenha mais familiaridade. Assim, todos os processos de venda ficam ainda mais fáceis, já que você tem uma noção melhor do segmento, dos produtos e até dos melhores fornecedores

3 – Escolha um canal de vendas

Você pode vender jeans em diferentes canais online, então, nessa etapa, você deverá analisar as diferentes opções do mercado para entender qual canal atende melhor às necessidades da sua loja. 

Você pode optar por vender jeans em um e-commerce próprio, por exemplo. Apesar dessa ser a opção perfeita se você quer ter mais autonomia na sua loja, é importante destacar que ela exige um investimento mais alto, já que você deverá arcar com tudo, como a contratação da plataforma, as comissões dos meios de pagamento, o investimento na hospedagem do site, a contratação dos serviços de segurança, entre outros.

Assim, se você tem um investimento mais baixo para começar a vender jeans, os marketplaces são a opção ideal para você! Essas plataformas disponibilizam suas vitrines para que lojistas de todos os tamanhos, experiências e segmentos anunciem seus produtos. 

Os marketplaces não cobram nenhum tipo de taxa ou  mensalidade para os lojistas venderem seus produtos dentro da plataforma, é cobrada apenas uma comissão sobre as vendas, ou seja, você só paga quando vende.

Além disso, os lojistas dos marketplaces ainda contam com diversas soluções para impulsionar as vendas, como entrega, crédito e publicidade. No marketplace da Americanas – plataforma que permite que os parceiros vendam nos sites da Americanas, da Americanas Empresas, do Submarino e do Shoptime –, os parceiros ainda têm acesso a uma área de capacitação exclusiva com vários treinamentos e materiais que auxiliam toda a sua jornada de venda online.

Comece já a vender na Americanas! Cadastre-se!

vender jeans - interna

4 – Crie anúncios completos e bem vendedores 

Agora que você já sabe onde irá vender jeans, você pode começar a pensar no cadastro dos seus produtos e essa é uma das etapas mais importantes para uma loja online. Como os clientes do e-commerce não têm contato com os produtos e nem podem experimentar as peças, eles dependem apenas das informações fornecidas pela sua loja. 

Por isso, ao criar as descrições e ficha técnica das suas peças, busque oferecer o máximo de detalhes possível para que o consumidor não tenha nenhuma dúvida ao finalizar a compra e também não aconteçam casos de troca e devolução de mercadoria

Informações de tamanho e medidas das peças são essenciais para a decisão de compra, pois é a única forma do cliente saber se o produto ficará bom nele. Detalhes como composição, cor e materiais também não podem ficar de fora! 

Também busque investir em fotos de qualidade, com uma boa iluminação e os enquadramentos certos para ressaltar as peças. Utilize fundo branco para destacar as roupas e dar um ar mais profissional para as suas produções.

Além disso, sempre fotografe as peças sendo utilizadas em diferentes corpos para que os clientes tenham uma noção melhor do produto e possam ver a roupas de diferentes ângulos. Você pode até aproveitar o momento para montar diferentes looks com as suas peças, destacando a versatilidade dos seus produtos.

5 – Aposte em diferenciais competitivos 

Vender jeans online vai muito além de oferecer os produtos por um preço bom. Afinal, a experiência dos seus clientes vai além de escolher um produto e confirmar a compra, e o processo todo envolve alguns pontos que impactam ainda o valor final da aquisição, como o frete, por exemplo. 

Segundo o Market Review, da Bornlogic e Opinion Box, 94% dos consumidores já deixaram de comprar algo online pelo valor do frete e 78% já desistiram por conta do longo prazo de entrega. Ou seja, se as suas ofertas não forem competitivas, você pode acabar perdendo algumas vendas. 

Por isso, ao vender jeans online,  busque destacar a sua loja oferecendo um prazo de entrega mais rápido ou até um frete mais competitivo. Isso fará a sua oferta se destacar entre a concorrência e aumentará a sua conversão de vendas. 

Nesse quesito, investir em uma boa operação logística é a melhor forma de garantir entregas mais rápidas e eficientes. 

Se você vende em um marketplace, por exemplo, você pode contar com soluções de entrega e logística oferecidas pela própria plataforma, tornando o processo ainda mais fácil e impulsionando as suas vendas. 

Outro ponto que é facilitado pelos marketplaces é a diversidade dos meios de pagamento, que são um grande diferencial das vendas online. Atualmente, 24% dos brasileiros apontam as formas de pagamento como uma motivação para comprar online. (Bornlogic e Opinion Box). 

Nos marketplaces, esse quesito é de total responsabilidade deles, que estão sempre atentos às tendências e novas necessidades do consumidor, para adaptar a plataforma. Assim, os lojistas sempre estão oferecendo uma grande variedade de formas de pagamento aos clientes. 

Muitas vezes os clientes podem precisar ou até preferir fazer os pagamentos por outros meios que não sejam cartão de crédito ou boleto bancário. Assim, ferramentas como o PIX ou as carteiras digitais acabam sendo a opção ideal. 

6 – Diversifique e integre os seus canais 

De acordo com a 45ª edição do Webshoppers, os canais online que os brasileiros mais utilizam para encontrar produtos da categoria de moda são: redes sociais (29%), busca pelo nome da marca ou loja (20%) e sites de busca (14%). 

Ou seja, as redes sociais têm um papel muito importante quando levamos em consideração as lojas de roupas, uma vez que, muitos consumidores têm o costume de acompanhar e descobrir marcas navegando pelas redes. 

A Bornlogic e a Opinion Box ainda identificaram que 65% dos consumidores têm o hábito de pesquisar por produtos para comprar nas redes sociais. Sendo assim, ao vender jeans online, lembre-se de aproveitar canais como Instagram, Facebook, Pinterest e até TikTok para criar conteúdos mais inspiracionais. 

Estratégias focadas em redes sociais geram uma forte sensação de desejo pelos itens e podem complementar a experiência dos clientes, incentivando a decisão da compra. 

Nesses canais, você ainda pode buscar parcerias com influenciadores digitais ou até outras marcas para aumentar a sua visibilidade, humanizar o seu negócio, criar reconhecimento de marca e gerar mais engajamento com o seu perfil. 

Anote as dicas e comece a vender jeans online! 

Agora que você já sabe as melhores práticas sobre vender jeans pela internet, chegou a hora de começar o seu negócio online. Lembre-se das nossas dicas e boas vendas! 

Leia também:

11 dicas para quem deseja começar a vender roupas

Marketplace da Americanas: o que é e como vender neste canal?

O que é marketplace e como ele facilita a venda online

Americanas Marketplace

Somos a plataforma para você vender seus produtos nas principais lojas virtuais do país: Americanas, Submarino, Shoptime e Americanas Empresas. Aqui seu negócio vai mais longe!

veja ainda:

cnae

CNAE: o que é e como incluir uma atividade econômica no CNPJ

CNAE: o que é e como incluir atividade econômica no seu CNPJ A CNAE é um padrão nacional para identificar […]

contrato de compra e venda - destaque

Contrato de compra e venda: como funciona e quais as garantias?

Conheça o contrato de compra e venda e saiba quando e como usá-lo em suas negociações O contrato de compra e […]

esg - destaque

O que é ESG? Entenda a importância e como adotar

Adotar práticas ESG não é apenas uma tendência corporativa, mas uma necessidade urgente para empresas que buscam sustentabilidade e responsabilidade […]