6 passos para vender smartwatch

por Americanas Marketplace

6 de junho de 2022

Confira as melhores dicas e um passo a passo completo para você vender smartwatch na internet 

Com os brasileiros dando cada vez mais preferência para as compras online e a categoria de eletrônicos crescendo em ritmo acelerado, vender smartwatch na internet pode ser uma grande oportunidade para os lojistas. 

Segundo o relatório Neotrust, a categoria de Eletrônicos ficou em 3º lugar entre os segmentos que mais faturaram ao longo do ano. E as expectativas para 2022 são altas! As projeções realizadas pela empresa são de que o setor de Eletrônicos deve crescer 21% neste ano. 

Já o Market Review: Tendências do E-commerce para 2022, realizado pela Bornlogic em parceria com a Opinion Box, mostrou que Eletrônicos é a categoria mais comprada online, com 59% dos consumidores garantindo esses produtos pela internet. 

Entendeu o tamanho dessa oportunidade? Vender smartwatch na internet pode ser uma maneira de aproveitar esse potencial do e-commerce ou até mesmo uma forma de você variar os seus canais de venda. Por isso, separamos as melhores práticas e um passo a passo completo para você começar a vender smartwatch pela internet.  

1 – Antes de vender smartwatch, conheça o mercado! 

O primeiro passo antes de começar as suas vendas de smartwatch é entender o mercado e todos os nichos dele. Afinal, apesar do smartwatch ser um produto específico, ele possui diversos aspectos como as diferentes marcas que atuam no mercado. 

Nesse processo, busque estudar também detalhes do seu público-alvo, para entender suas dores e expectativas ao comprar os produtos. Com isso posto, analise também a atuação de outras marcas que já vendem smartwatch e seus concorrentes diretos. Assim, você consegue estruturar melhor o seu plano de ação e se diferenciar no mercado. 

2 – Escolha o seu mix de produtos

Agora que você já conhece melhor o mercado, você deve definir em quais produtos você vai investir na sua loja. 

Você pode, por exemplo, optar por trabalhar com foco em uma determinada marca ou até atender diferentes marcas, mas focar em acessórios ou em uma categoria mais acessível ou mais premium.

Essa etapa é muito importante para você definir alguns pontos essenciais para a sua loja, como a escolha dos seus fornecedores, a busca por um processo ideal de importação —caso essa seja a sua escolha para a loja —, e o seu canal de atuação. 

3 – Escolha o seu canal de vendas

Você pode vender smartwatches em diferentes canais online, então, é importante que você analise as diferentes opções do mercado para entender qual canal atende melhor às necessidades da sua loja e da sua categoria. 

Você pode optar por vender smartwatch em uma loja online própria, por exemplo. Essa opção é ótima se você busca ter mais autonomia e liberdade na hora das vendas. Porém, também é uma opção que exige um alto investimento, já que você deverá arcar com a contratação da plataforma, as comissões dos meios de pagamento, o investimento na hospedagem do site, a contratação dos serviços de segurança, entre outros.

Se você tem um orçamento mais baixo para começar a vender smartwatch online, os marketplaces são a opção perfeita para você! Essas plataformas disponibilizam seus espaços para lojistas de todos os tamanhos, experiências e segmentos anunciarem seus produtos. 

E a melhor parte: os marketplaces não cobram nenhum tipo de taxa ou mensalidade para os lojistas venderem seus produtos. É cobrada apenas uma comissão sobre as vendas, ou seja, você só paga quando vende.

Além disso, os lojistas dos marketplaces ainda contam com diversas soluções para impulsionar as vendas, como crédito, publicidade e logística. Na Americanas Marketplace – plataforma onde os lojistas podem anunciar seus produtos nos sites da Americanas, Americanas Empresas, Submarino e Shoptime –, os parceiros ainda têm acesso a uma área de capacitação exclusiva com vários treinamentos e materiais que auxiliam toda a jornada de venda online.

Quer vender na Americanas Marketplace? Cadastre-se aqui!

vender smartwatch - interna

4 – Faça um cadastro vendedor 

O cadastro de produtos é uma etapa que exige muita atenção dos lojistas e quando estamos falando de vender smartwatches — ou outros aparelhos eletrônicos e acessórios — esse cuidado deve ser redobrado.

Isso acontece pois é por meio do cadastro de produtos que você fornece todas as informações do item para o clientes, sendo essa também a única forma de contato deles com os produtos. Ou seja, é assim que o consumidor irá descobrir se o smartwatch que você está vendendo é exatamente o que ele procura.

Assim, na descrição e na ficha técnica, não economize nos detalhes. Confira se você está colocando os termos certos e se todas as informações sobre o produto estão bem claras ao consumidor. Essa atenção aos detalhes reforça o comprometimento e a seriedade da sua loja. 

Nas imagens, use fotos com boa qualidade e de preferência com o fundo branco para profissionalizar os seus anúncios e mostrar com mais clareza todos os detalhes dos produtos, como tamanho, dimensão, material e outros aspectos. 

5 – Estruture os diferenciais da sua loja

Os processos de compra e venda online são bem diferentes daqueles que acontecem no ambiente físico. Por isso, ao vender smartwatch online, você deve ficar atento para oferecer uma boa experiência de compra aos consumidores.

Hoje, os sites de busca têm um papel fundamental na hora do consumidor encontrar as melhores ofertas de eletrônicos. De acordo com a 45ª edição do relatório Webshoppers, quase 25% dos consumidores dessa categoria utilizam sites de busca para encontrar os produtos desejados.

Por isso, ter um bom cadastro, usando técnicas de SEO, e investir nos diferenciais competitivos da sua loja é essencial para se destacar da concorrência na internet.

Em relação ao preço, não se prenda muito a um determinado valor e tenha dinamismo. Busque monitorar os preços das ofertas que estão sendo feitas no mercado para, quando necessário, realizar alguns ajustes nos preços da sua loja, se possível. Claro, sempre respeitando suas margens mínimas para justificar o risco do negócio.

Porém, como falamos anteriormente, nas compras online outros fatores acabam influenciando o valor final da compra, como o frete, por exemplo. 

Assim, você também pode se diferenciar e ganhar vantagem sobre a concorrência oferecendo um prazo de entrega mais rápido ou até um frete mais competitivo, que são pontos extremamente relevantes para os consumidores online.

6 – Crie campanhas e promoções para destacar suas ofertas

Segundo o Market Review, da  Bornlogic em parceria com a Opinion Box, as principais motivações que levam os brasileiros a comprarem online estão diretamente relacionadas aos preços. 

Na pesquisa, 61% destacaram os preços mais baixos do que no comércio físico, 58% ressaltaram as promoções exclusivas da internet e 24% lembraram das campanhas sazonais.

Assim, a melhor maneira de  impulsionar os resultados da sua loja e destacar as suas ofertas na internet é investir em campanhas e promoções, principalmente em datas comemorativas, como Black Friday ou Dia do Cliente. Assim, você atrai diferentes clientes e incentiva as compras na sua loja.

E nesse ponto, os lojistas que vendem no marketplace contam com algumas vantagens. Os parceiros da Americanas Marketplace, por exemplo, têm ainda mais facilidade para criar promoções com os seus produtos, já que as marcas por trás estão sempre criando grandes campanhas, tanto em datas sazonais como em oportunidades identificadas em parceria com marcas e influenciadores relacionados à categoria. 

Não faltam oportunidades para os empreendedores que desejam vender smartwatch online. Anote todas as dicas, siga o passo a passo e comece o seu negócio hoje mesmo. Boas vendas!

Leia também:

Americanas Marketplace: o que é e como vender neste canal?

RFV: o que é e como usar essa técnica?

Contrato social: o que é e como emitir o seu?

Americanas Marketplace

Somos a plataforma para você vender seus produtos nas principais lojas virtuais do país: Americanas, Submarino, Shoptime e Americanas Empresas. Aqui seu negócio vai mais longe!

veja ainda:

iso 27001 - destaque

O que é a norma ISO 27001 e como implementar?

A norma ISO 27001: entenda seu papel na gestão da segurança da informação e saiba como implementar um sistema eficaz […]

cnae

CNAE: o que é e como incluir uma atividade econômica no CNPJ

CNAE: o que é e como incluir atividade econômica no seu CNPJ A CNAE é um padrão nacional para identificar […]

contrato de compra e venda - destaque

Contrato de compra e venda: como funciona e quais as garantias?

Conheça o contrato de compra e venda e saiba quando e como usá-lo em suas negociações O contrato de compra e […]