O que é vitrinismo e como fazer isso?

por Ponto de Retirada

3 de dezembro de 2021

Conheça o vitrinismo, saiba como montar uma vitrine que encanta o cliente e incremente as vendas de sua loja física

Quantas vezes saímos de casa sem intenção de fazer compras até que, no caminho, uma vitrine desperta nossa atenção? Em pouco tempo, estamos dentro da loja, comprando algo que não tínhamos planejado!

Esse comportamento não é obra do acaso, mas de uma técnica chamada vitrinismo, uma das estratégias do visual merchandising, que busca oferecer a melhor experiência de compra ao cliente, por meio de estímulos variados como aromas, cores e texturas.  

Dados do Sebrae, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, dão bem a importância da vitrine para o sucesso do negócio: 80% das compras são decididas enquanto o cliente está diante dela. O tempo médio que a vitrine tem para conquistá-lo é de 2,5 segundos, portanto, é fundamental dar toda atenção ao seu planejamento. 

As primeiras vitrines, ainda bastante rudimentares, surgiram no início do século XIX. Não havia qualquer cuidado com o aspecto estético, o objetivo era, apenas, mostrar o máximo de itens. 

Foram as grandes lojas de departamento europeias e americanas, como a Harrods, em Londres, e a Macy’s, nos Estados Unidos, que começaram a dar importância à apresentação das vitrines e ao trabalho de vitrinismo. Hoje, pesquisas demonstram que, se bem planejadas, elas podem aumentar as vendas em até 25%!

No vitrinismo, cada detalhe conta!

Público

Muitos aspectos devem ser considerados no trabalho de vitrinismo. Um dos primeiros é, sem dúvida, com quem queremos falar: com adolescentes, jovens, mães ou consumidores maiores de 60 anos? Que imagem pretendemos passar da nossa marca, arrojada, clássica ou contemporânea? 

É fundamental que você conheça muito bem o público da sua loja antes de qualquer definição da sua vitrine. E além de saber quem são esses clientes que compram produtos da sua marca, é importante que você conheça seu costume de compra. 

Um público mais jovem provavelmente será impactado por uma vitrine mais moderna, que conversa com as tendências do momento. Enquanto um público mais maduro dará sua atenção para um vitrine mais arrojada e moderna.  

Entenda também o que leva esse grupo de pessoas a comprar na sua loja e use isso como vantagem na sua estratégia de vitrinismo. Se o preço dos seus produtos é o que chama atenção, deixe isso em evidência na vitrine. Já, se o que o seu sortimento variado é o que atrai o público, aposte em uma vitrine que destaque essa variedade de itens na sua loja. 

Com um público-alvo bem definido, é hora de ver a disponibilidade de orçamento que você tem para investir na sua vitrine e escolher um tema. 

Temas

Além das festas, que naturalmente mobilizam todo o comércio, como Natal, Páscoa e Dia das Mães, outras datas também podem servir de inspiração. Na Semana do Meio Ambiente, por exemplo, folhas e outros elementos da natureza podem ser incorporados à decoração da sua vitrine. 

Qualquer que seja o motivo ou tema selecionado, é importante que o resultado final esteja de acordo com o espírito da marca e que mantenha a essência da sua loja. 

Produtos

Outra pergunta fundamental é: que produtos irão para a vitrine? O primeiro critério para essa escolha é a qualidade, afinal, você vai querer chamar a atenção do consumidor para o que você tem de melhor na sua loja. 

Lembre-se de não encher demais ou de menos a vitrine e de eleger um item para ser o destaque, como uma novidade do mercado, por exemplo. Pode ser um livro que acaba de ser publicado, um brinquedo novo ou um aparelho eletrônico de última geração. 

Espaço

E para garantir que a sua vitrine não fique lotada ou vazia demais, conheça muito bem o seu espaço disponível. Com esse entendimento, fica ainda mais fácil preencher a sua vitrine de forma inteligente, isto é, garantindo o preenchimento dela com uma boa distância entre os produtos, para que um não se sobreponha ao outro e os clientes consigam visualizar tudo de forma clara. 

Estratégia

Se o destaque do vitrinismo estiver alinhado com um tema , nesse caso, o preço não importa muito. Mesmo se o item for caro, sua posição na vitrine é capaz de torná-lo mais interessante aos olhos do consumidor. 

Porém, um bom plano para impulsionar as suas vendas é alinhar suas ações promocionais com as estratégias de vitrinismo. Assim, se a sua loja estiver fazendo uma promoção imperdível, que merece destaque na sua vitrine, não perca tempo! Crie uma vitrine focada nessa ação, chame a atenção dos consumidores e veja os seus resultados crescerem! 

vitrinismo - interna

Iluminação dá o clima

Em busca da luz mais adequada

Escolhido o destaque, que pode ser mais de um – formando um conjunto de produtos – surge outra questão: como fazer para que esses produtos se sobressaiam frente aos demais itens?

São muitos os recursos disponíveis e um dos mais eficientes é, sem dúvida, a iluminação. Há muitas possibilidades, desde os clássicos focos de luz, até lâmpadas de cores variadas, como azul e amarelo, que criam uma ambientação especial, ou até as famosas lâmpadas de LED para criar uma iluminação diferenciada. 

A verdade é que a iluminação chama a atenção dos consumidores e potencializa a presença dos produtos expostos na sua vitrine. Por exemplo, o item mais importante da sua vitrine pode ser colocado em um foco de luz, dando uma ênfase maior nele. 

Posição dos produtos

Como complemento da iluminação, pense muito bem na posição dos seus produtos. O produto de destaque da sua vitrine também pode ser colocado sobre um apoio que o deixe mais alto e, consequentemente, mais visível para os clientes que passam pela sua loja. 

E além da vitrine, o mesmo produto pode ser destacado dentro da loja, em espaços vazios transformados em vitrines montadas especialmente para ele. Assim, o cliente que entra para comprar esse produto pode encontrá-lo facilmente no seu estabelecimento. 

Na hora de pensar na posição dos produtos, lembre-se dessa regra básica: nunca exponha mercadorias no chão! Isso diminui o valor dos produtos aos olhos dos consumidores.

Cores

A cor é outro aspecto essencial e que pode ser definida de diferentes maneiras: pode recair sobre a cor do logo ou até variar conforme as estações do ano ou de acordo com datas festivas, como o Dia dos Namorados, quando o vermelho e o rosa são dominantes. 

Tons quentes e vibrantes, como amarelo e laranja, podem ser uma boa opção para o vitrinismo voltado para o público jovem. Tons frios, como o cinza e o azul, são relaxantes. Tudo depende da sua estratégia de vitrinismo e do clima que você pretende criar e passar aos seus clientes. 

Vale lembrar que muitos especialistas recomendam não utilizar somente tonalidades de uma mesma cor, pois isso deixa o espaço uniforme e pouco atraente aos olhos dos clientes. 

Uma dica importante para lojas de roupas é lembrar sempre que o objetivo é fazer o cliente se imaginar vestindo as peças. Por isso, a escolha do manequim é importante. Ele deve ser o mais ‘humanizado’ possível.

Magia no ar: como montar uma vitrine de Natal

Cores natalinas

A vitrine de Natal é uma das mais importantes do ano e merece um planejamento cuidadoso. Mesmo com um orçamento pequeno é possível criar algo mágico e que atraia a atenção de quem passa pela sua loja.

As cores da festa são o verde, o vermelho e o dourado ou prateado, mas você também pode sair do tradicional e criar algo diferente. Montar uma árvore com os produtos da loja, como livros, cartões ou mesmo caixas, é uma opção legal para incluir os seus produtos nessas festas. 

Decoração para a vitrine na data

Usar somente objetos reciclados pode ser uma maneira de se destacar e, com uma imagem positiva, de preocupação com o meio ambiente  – se essa iniciativa fizer sentido para a sua marca, é claro!

Suspender os produtos, recurso bastante usado em feiras e mercados populares, dá um lindo efeito também ao trabalho de vitrinismo. Combine caixas de presente a fios com bolas de Natal, estrelas ou miniaturas de Papai Noel. Uma boa iluminação dará os efeitos especiais desejados e, se o seu orçamento permitir, inclua música e movimento ao cenário.

São muitas as possibilidades para montar uma vitrine de Natal, o importante é passar a magia da data e encantar o consumidor.

Vitrine bonita, mais vendas

Renovação é a chave

Independentemente do tamanho do seu negócio, uma boa vitrine pode ser um grande diferencial competitivo, fazendo com que a sua loja se destaque da concorrência e chame a atenção de todos os consumidores que passam por ela. 

Lembre-se de renovar a vitrine regularmente. Não é necessário mudar tudo, vale fazer algumas substituições, trocar o item em destaque ou mesmo arrumar os produtos de outra maneira. Além disso, a agilidade para aproveitar tendências, lançamentos ou até um novo momento do mercado deve ser levada em conta sempre. 

Hoje, algumas lojas trabalham com períodos definidos previamente para renovar suas vitrines e manter esse ar de novidade na marca. Muitos negócios trabalham com mudanças feitas a cada 15 ou 30 dias, porém, lojas com alta rotatividade, às vezes realizam essa renovação semanalmente. Assim, essa periodicidade pode ser definida de acordo com a necessidade e objetivos da sua marca. 

E qualquer que seja o tipo de negócio, exibir os preços dos itens é obrigatório. Nada mais chato do que bater o olho na vitrine, gostar de algo e precisar entrar para saber quanto aquele produto custa. 

Vitrine para lojas pequenas

Embora o vitrinismo seja uma técnica bastante sofisticada hoje, que abrange vários aspectos e conhecimento especializado, se você tem um pequeno negócio e não pode pagar um profissional, siga as regras básicas: foque no seu público, mantenha um equilíbrio entre espaços cheios e vazios e procure manter, na vitrine, o estilo da sua loja. Não tem como errar!

Mais movimento

Uma boa vitrine tende a aumentar o movimento de sua loja, trazendo mais visitantes e clientes em potencial.

Além de uma vitrine atraente, outra maneira de aumentar o movimento da sua loja física, sem gastar nada, é transformá-la em um Ponto de Retirada da Americanas Marketplace. O cliente faz compras nos sites da Americanas, do Submarino e do Shoptime, e pode retirar o produto na sua loja. 

Um bom atendimento e uma estratégia de vitrinismo bem feita podem conquistar qualquer cliente e fazer com que volte sempre!

Leia também:

Posicionamento estratégico: dicas para destacar a sua marca

O que é shopper e o que faz esse profissional?

Visual merchandising: experiência de compra completa nas lojas físicas

Ponto de Retirada

O Ponto de Retirada da Americanas Marketplace permite que você transforme sua loja física em um local onde os clientes da Americanas, Submarino e Shoptime podem retirar os itens comprados nestes sites.

veja ainda:

perfumaria - destaque

Perfumaria: dicas para começar o seu negócio 

O mercado de perfumaria traz boas oportunidades para os lojistas, mas é preciso saber se posicionar corretamente! Veja estas dicas […]

burocracia - destaque

Como lidar com a burocracia das vendas online

Enfrentando os desafios da burocracia ao criar e vender no e-commerce Vender online oferece inúmeras oportunidades para empreendedores, mas também traz […]

zona de conforto - destaque

7 atitudes para tirar o seu negócio da zona de conforto

Ficar na zona de conforto não leva ninguém a outro patamar. Veja como ter um negócio inovador e preparado para […]