Inventário de estoque: o que é e como fazer um?

por BSeller

13 de abril de 2022

Você já ouviu falar sobre o inventário de estoque? Dentro das empresas, eles têm um papel essencial na organização de produtos que são vendidos. Entenda mais sobre isso.

O inventário de estoque é uma lista completa com todos os produtos armazenados no estoque da empresa. Ele traz a identificação, classificação e a contagem destes itens.

Entre outras, estas são algumas informações que o inventário de estoque pode trazer:

  • O título do produto (objeto, marca, cor, configurações)
  • EAN (código de barra do item);
  • Unidades em estoque (quantidade disponível por produto);
  • Data de fabricação (quando o item foi confeccionado);
  • Data de validade (até quando o produto pode ser utilizado);
  • Custo por item (valor pago na aquisição ou fabricação de cada item daquele exemplar);
  • Valor do estoque (valor pago na aquisição ou fabricação de todas as unidades disponíveis daquele item).

Todo vendedor precisa ter conhecimento sobre como funciona o estoque, independentemente da área em que trabalhe ou da sua principal função dentro da empresa. Muitos empreendedores, em contrapartida, acabam focando toda sua força de trabalho em conseguir novos clientes e esquecem do pós-venda: garantindo uma boa gestão da logística e a separação e entrega de produtos. 

Um estoque nada mais é do que um espaço em que são guardados os itens de venda e preparados para a entrega ao cliente. Apesar de parecer algo bem simples, a sua importância é essencial, já que sem estoque, não existe preparação e planejamento dentro do que é vendido. 

Como se faz o gerenciamento do estoque?

Manter um estoque bem guardado e organizado, auxilia não somente no planejamento, mas na contagem de produtos e de vendas, melhorando a gestão. Tanto para lojas e-commerce quanto físicas, um bom plano de ação dentro do estoque é essencial para ajudar na conversão de vendas. O primeiro passo para garantir um bom estoque ou inventário é catalogar tudo utilizando código de barras, algo que norteia a divisão de produtos, e, por mais que seja trabalhoso inicialmente, poupa esforço no dia da contagem. 

Após catalogar produto por produto e dividi-los em espaços alternados, é preciso definir o dia e a hora em que a contagem será feita. Tendo os dias definidos, é preciso que um funcionário vá ao estoque e faça esse levantamento da quantidade de produtos vendida. 

É muito relevante pensar nas pessoas que farão parte de uma contagem: serão estoquistas contratados somente para este trabalho, ou a contagem irá fazer parte das funções de algum colaborador ? 

Independentemente de quem faz esse trabalho, é essencial orientar a equipe para tal tarefa, e todos devem estar atentos à necessidade de realização da contagem. Isso inclui definir não só os estoquistas, mas líderes que coordenam todas as ações necessárias, dentro e fora do estoque, agindo como facilitadores e impulsionando a ação. 

Muitas outras opções, nos dias de hoje, em que se vive num ambiente tecnológico, podem ser consideradas. Como exemplo temos alguns aplicativos mobile, que podem ser usados como coletores de dados. Aplicativos e programas podem ser adaptados para ler códigos de barras e realizar a contagem automaticamente, facilitando o trabalho de quem faz a leitura e contagem do estoque. 

Apesar de toda essa facilidade, a contagem do inventário ainda deve ser parte de grande preocupação do empreendedor: após corrigir o check-list de itens, o estoque precisa estar organizado, com os códigos de barras visíveis, todos os produtos embalados em suas devidas caixas (packing), sem nada jogado pelo espaço. É neste momento também, que são encontrados produtos com defeito, sendo devidamente contabilizados e separados para a troca com o fornecedor. 

Depois de todo esse árduo processo de contabilização, ainda é feita a auditoria da contagem, que confere que todos os locais realmente foram vistoriados, assim como que todos os produtos se encontram em seu melhor estado para serem entregues ao cliente. 

Como diminuir o tempo gasto na contagem de estoque? 

Realizar o inventário da maneira mais rápida possível é o sonho de todo estoquista. O planejamento do inventário de estoque permite ter seu tempo de contagem consideravelmente reduzido. 

Com a organização de dados da última leitura de códigos de barras, assim como do último balanço de estoque, e a comparação com os dados presentes, é possível otimizar-se a tarefa. 

Todos os estoquistas ou vendedores que trabalham no estoque sabem que a organização é peça fundamental para a manutenção de um bom espaço. O estoque não é algo feito em cima da hora, precisa de tempo e dedicação. Muitas atividades do inventário antecedem o dia da contagem, e, por isso, é sempre bom manter um check list organizado, para que nada saia errado durante o processo. 

inventário de estoque - interna

Por que, afinal, a contagem do estoque é importante? 

É possível concluir que no dia-a-dia de vendas, dentro do varejo, sendo um e-commerce ou não, é imprescindível que tudo esteja organizado em processos para aquisição de um grande objetivo final: a preparação para a venda.  O desejo de todo empreendedor é conseguir vender todos os itens de seu inventário de estoque sem perder nenhum, seja por falta de gerenciamento, de cuidado ou até mesmo de controle. 

Além disso, o inventário ainda possui uma grande relevância no quesito de identificar erros e indisponibilidade de produtos. Assim, fazer a contagem do estoque nada mais é do que se preparar, tornando o seu espaço um ambiente que se preocupa com a felicidade de quem compra. 

As perdas do estoque também podem ser entendidas como a divergência entre os estoques real e virtual. Nestes casos, é sempre feita uma análise para entendimento das situações que geram esta perda. Apesar de tudo, o estoque se mostra como uma etapa importantíssima na venda e oferta de um produto de qualidade. 

Gestão automatizada ajuda no inventário de estoque


Uma gestão automatizada vai melhorar e muito a organização do seu estoque. Alguns ERPs, com módulo WMS, podem ajudar nas operações de e-commerce, desde o recebimento até a expedição. Alguns até operam com coletores wi-fi que agilizam a sua logística. A tecnologia do sistema permite ainda a identificação e a contagem das mercadorias recebidas ou devolvidas, otimizando o fluxo de cross-docking e acelerando a separação de pedidos dessa categoria. 

Com um bom ERP você consegue ter uma visão em tempo real da situação do seu estoque, seja no armazém ou centro de distribuição, garantindo que todo o processo de armazenagem, bem como os levantamentos periódicos do estoque, com inventários globais ou parciais.

A tecnologia do ERP BSeller, por exemplo, foi desenvolvida há mais de 20 anos pela americanas s.a. e até hoje é utilizada na operação de suas marcas próprias: Americanas, Submarino e Shoptime e também por grandes empresas de e-commerce como: O Boticário, Estrela 10, Loja do Mecânico entre outras. Um dos diferenciais do software é que ele está conectado aos principais hubs de marketplace e plataformas do mercado, agilizando a integração e gestão do cadastro de produtos, preços, estoque e pedidos (controle, atualizações de status, pagamento, entre outros). 

É um sistema ideal para ajudar você no controle e gestão de todo seu estoque, permitindo total agilidade na hora de ter uma visão real do seu inventário de produtos.
Quer saber como o BSeller pode ajudar a implementar rotinas de trabalho eficientes em seu e-commerce? Deixe seus dados abaixo que um dos nossos especialistas irá te contatar.

Leia também:

Workflow de e-commerce: como criar um fluxo que funciona

Estoque parado: como isso impacta sua operação?

O que é marketplace e como ele facilita a venda online

BSeller

BSeller é a solução integrada de ERP e backoffice da americanas s.a. É a única tecnologia completa para backoffice de e-commerce, com módulos nativamente integrados de Gestão (ERP), Logística (WMS), Atendimento (SAC) e Transporte (TMS).

veja ainda:

mrp - destaque

O que é MRP e como funciona esse sistema?

Conheça o sistema MRP e descubra como ele pode otimizar os resultados da sua empresa! Você sabe o que é MRP, […]

integrador de marketplace - destaque

Integrador de marketplace: o que é e como ele te ajuda?

Utilizar um integrador de marketplace pode acelerar o cadastro de produtos e centralizar sua gestão de todos os canais O integrador […]

cross border - destaque

Cross border: o que é e como iniciar essa operação?

Entenda o que é uma operação cross border e como colocá-la em prática para internacionalizar sua marca! Você sabe o […]