10 brinquedos atuais mais vendidos e 5 dicas para alavancar suas vendas

por Americanas Marketplace

26 de julho de 2021

Veja lista dos brinquedos atuais mais vendidos na internet e dicas para definir as melhores estratégias para a venda destes itens

Em 2020, a cada 100 brinquedos vendidos no Brasil, 10 foram através do e-commerce. Um aumento de 6% em relação ao anterior. Este é um dado bem significativo para quem atua no mercado e deseja expandir seus negócios. Se quer saber quais são os brinquedos atuais mais vendidos na internet e dicas de como alavancar suas vendas on-line, acompanhe nosso artigo!

O mercado de brinquedos on-line em 2020

Uma coisa é certa: quem não comprava pela internet, em 2020, aprendeu a comprar. E isso aconteceu em todos os segmentos e mercados. Móveis, decoração, alimentos e, claro, brinquedos! Passando mais tempo em casa, crianças e adultos buscaram novas fontes de diversão para deixar o confinamento mais leve. 

E isso refletiu diretamente no mercado de brinquedos on-line. De acordo com a NPD Group, é importante destacar dois pontos: as compras por impulso de itens mais baratos reduziram, mas o ticket médio subiu de R$ 52,00 para R$ 58,00. 

Assim como o interesse pelas categorias mais caras, como jogos e quebra-cabeças, blocos de montar e os STEAM toys (também são brinquedos de montar, mas com ciência, tecnologia, engenharia e matemática envolvidos). 

Dentre as categorias que mais cresceram estão aquelas que conseguiram manter as crianças e famílias ocupadas. São eles:

  • Bonecas fashion, acessórios e fantasias: ↑12%
  • Ride-on: ↑17%
  • Quebra-cabeças: ↑15%
  • STEAM toys: ↑156%

Como é possível ver a seguir, é em São Paulo que grande parte das empresas varejistas de brinquedos estão localizadas. Em seguida, temos Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul. As informações são do Econodata.

Já no Dia das Crianças, uma das maiores datas do varejo, a venda pelo e-commerce somou cerca de R$ 3,1 bilhões – um crescimento de 24% comparado ao faturamento de 2019. Ao total, foram 6,58 milhões de pedidos, com tíquete médio de R$ 472, como informou a consultoria Ebit/Nielsen

A região Sudeste foi responsável por quase metade do total de pedidos (3,73 milhões), seguida pela região Sul (1,29 milhão) e Nordeste (1,03 milhão).

10 brinquedos atuais mais vendidos na internet 

Selecionar brinquedos para vender na internet se tornou, definitivamente, uma brincadeira de gente grande. E apesar do crescimento do mercado no e-commerce, ele ainda está cheio de oportunidades. 

Para te ajudar a selecionar os melhores itens, com mais saída e conversão, preparamos uma lista dos brinquedos atuais mais vendidos na internet em 2020, de acordo com o Toymania. Confira!

  1. Hot Wheels Lava Rápido – Mattel
  2. Massinha de Modelar Ladybug Padaria – Fun Divirta-se
  3. Barbie Kit de Pintura – Fun Divirta-se
  4. Boneca Baby Alive Misturinha Sabor Tropical – Hasbro
  5. Quebra-Cabeça 3D Módulo Lunar Apollo – Brinquedos Chocolate
  6. Mini Boneca Surpresa – LOL – Lil Sisters Série 4 – Candide
  7. Fisher-Price Pirâmide de Argolas – Mattel
  8. Jogo Banco Imobiliário – Estrela
  9. Patrulha Canina Mesa com Cadeira – Fun Divirta-se
  10. Barbie Viajeira – Mattel

Mas é importante frisar que o comportamento do público é flutuante e isso é ainda mais forte quando falamos de crianças. Alguns produtos são uma constante nestas listas, outros aparecem apenas por serem uma novidade, ou acompanharem uma tendência. 

5 dicas para alavancar suas vendas de brinquedos on-line

Agora que você já sabe quais produtos têm feito a cabeça da criançada (e de alguns adultos), é importante entender como destacar o seu negócio, ganhando mercado e alavancando suas vendas.

Para te ajudar, separamos algumas dicas práticas e valiosas, que vão permitir que você defina suas estratégias de maneira mais assertiva, focada no seu mercado e de olho no que o cliente quer e precisa.

1 – Defina seu portfólio e o segmento de mercado

Brinquedos é um segmento extremamente nichado e você pode escolher entre atender uma destas demandas, ou ser mais abrangente. É importante analisar as variáveis e as possibilidades mais interessantes para, então, definir uma estratégia. E por estratégia, entende-se preço e portfólio de produtos.

Algumas opções de nicho:

  • Gênero (que tende a cair em desuso)
  • Faixa etária (recém-nascidos, infantis, adultos, entre outros)
  • Divisão por tipos de produtos (educativos, licenciados, super-heróis ou bonecas etc)

Para você entender melhor como funcionam os nichos e quais as vantagens e desvantagens de optar por um, indicamos o artigo “Como identificar um nicho de mercado para vender on-line”.

brinquedos atuais mais vendidos - interna

2 – Esteja atento aos lançamentos

O mercado de brinquedos é muito dinâmico. Os lançamentos são constantes e um novo produto que chega, pode colocar outro para escanteio. Por isso, esteja atento aos lançamentos do mercado e aos demais fatores que influenciam isso. 

Desenvolver esta estratégia fará com que você seja capaz de reagir a picos de demanda por um determinado item. 

Nossa dica é: estabeleça uma relação próxima com os seus fornecedores. Isso vai te ajudar a garantir uma compra e reposição rápida e preferência na aquisição das novidades.

3 – Aproveite as datas comemorativas e temáticas 

Natal e o Dia das Crianças são duas datas em que a conversão do setor de brinquedos cresce exponencialmente. Logo, não deixe de aproveitar essa oportunidade! Prepare o seu marketing e o seu estoque para estes períodos de alta demanda. 

Tenha sempre mapeadas as principais datas de vendas. Você pode acessar o calendário que preparamos e identificar quais datas do varejo fazem mais sentido para o seu negócio.

Assim é possível definir estratégias de reposição de estoque e otimização de preços.

4 – Fique de olho em quem lança tendências

O cinema sempre foi um canal que lança tendências que refletem diretamente no mercado. Com brinquedos não seria diferente. Franquias de super-heróis, desenhos animados e live-actions são alguns dos possíveis ditadores de moda do setor. 

É importante que você esteja atento ao que acontece nas telinhas e que podem interferir nos seus negócios. Nos próximos meses vai estrear um filme do Super-Aranha? Programe-se para atender a possível demanda por tudo que gira em torno do personagem. 

Mas de uns anos para cá, outro canal tem lançado tendências: o YouTube. Ou melhor, os influenciadores mirins que mantém um canal na rede, indicando brinquedos, fazendo reviews e criando em quem acompanha o desejo pelos novos brinquedos.

Alguns nomes fortes são:

Maria Clara & JP: os irmãos Maria Clara e João Pedro têm o maior canal infantil brasileiro no YouTube, com 24 milhões de inscritos e 12 bilhões de visualizações. Os vídeos costumam abordar brincadeiras, historinhas, desafios e paródias de músicas e conteúdos populares nas redes sociais.

Valentina Pontes: Valentina apresenta aos fãs sua rotina, bem como brincadeiras e review de brinquedos. Hoje, ela conta com 21 milhões de inscritos e 6 bilhões de visualizações.

Planeta das Gêmeas: as gêmeas Melissa e Nicole mostram suas rotinas com brincadeiras, teatrinhos, vlogs e até videoclipes musicais. Possuem 14 milhões de inscritos e mais de 3 bilhões de visualizações. 

Bela Bagunça: Isabela Castro traz vídeos de novelas, brinquedos, teatros, histórias e desafios. O diferencial do canal é que a garota se preocupa em atingir tanto o público feminino como o masculino. Seu canal tem 12 milhões de inscritos e 2 bilhões de visualizações.

Brincando com o Rafael: ensina brincadeiras, mostra seus passeios e viagens, além dos desafios com seu irmão. Hoje, são 9,7 milhões de inscritos e 2 bilhões de views. Foi apontado entre os influenciadores infantis que serão destaque em 2021, segundo a startup Winnin.

Para além de acompanhar o conteúdo que essas crianças produzem, ficando atento ao que pode sofrer uma alta na demanda, também é possível mapear esses pequenos influenciadores para campanhas de marketing e parcerias digitais. 

5 – Anuncie nos marketplaces 

Estar onde o seu cliente está é essencial. E quanto mais fácil te encontrar, melhor! Por isso, mesmo que você já tenha uma loja on-line, vendas nas redes sociais ou tenha um negócio consolidado no varejo físico, o marketplace sempre pode ser uma boa opção!

A reputação e credibilidade das grandes redes varejistas, como a Americanas, ajuda a atrair consumidores e gerar mais negócios. Eles estão acostumados a encontrar tudo que precisam por lá. Então, é lá, também, que buscam por produtos para diversão. Veja a opinião de um parceiro do canal que vende brinquedos:

Essas lojas também apostam alto em marketing digital e anúncios para que os produtos dos seus parceiros sejam encontrados pelos mecanismos de busca e que apareçam com mais frequência na publicidade on-line. 

Se você deseja trazer a sua loja de brinquedos para o e-commerce, ou se planeja abrir o seu negócio diretamente na internet, o marketplace da Americanas é o lugar certo para você começar a sua experiência! 

O marketplace da Americanas é uma plataforma completa, que oferece tecnologia de ponta, suporte e segurança para você atuar na internet. Além, é claro, de um alcance de 1 bilhão de visitas nos nossos sites e mais de R$ 16 milhões faturados por vendedores parceiros em 2020.

Venha para o marketplace da Americanas e vamos, juntos, levar o seu negócio mais longe. Cadastre-se agora!

Leia também:

O que é marketplace?

Design Thinking: o que é e como utilizá-lo?

DRE: o que é e como fazer uma para sua empresa?

Americanas Marketplace

Somos a plataforma para você vender seus produtos nas principais lojas virtuais do país: Americanas, Submarino, Shoptime e Americanas Empresas. Aqui seu negócio vai mais longe!

veja ainda:

perfumaria - destaque

Perfumaria: dicas para começar o seu negócio 

O mercado de perfumaria traz boas oportunidades para os lojistas, mas é preciso saber se posicionar corretamente! Veja estas dicas […]

burocracia - destaque

Como lidar com a burocracia das vendas online

Enfrentando os desafios da burocracia ao criar e vender no e-commerce Vender online oferece inúmeras oportunidades para empreendedores, mas também traz […]

zona de conforto - destaque

7 atitudes para tirar o seu negócio da zona de conforto

Ficar na zona de conforto não leva ninguém a outro patamar. Veja como ter um negócio inovador e preparado para […]