O que é um centro de distribuição e como ele pode melhorar sua logística?

por Americanas Marketplace

31 de maio de 2022

A principal missão de um centro de distribuição é otimizar e agilizar a cadeia logística de um e-commerce. Confira como isso é possível.

Cuidar da logística de um e-commerce está entre as cinco principais dificuldades encontradas pelos gestores, conforme mostra a Pesquisa Nacional do Varejo Online realizada pelo Sebrae. Mas a verdade é que uma logística bem estabelecida pode ser o que está faltando para você alcançar os resultados que deseja em sua loja virtual.

E dentro do setor logístico de um negócio existem algumas estratégias para melhorar os processos de armazenagem e distribuição dos produtos. Uma forma moderna e eficaz de alocar produtos e fornecê-los de maneira mais ágil e eficiente aos clientes finais é contar com um Centro de Distribuição (CD).

Neste artigo vamos explicar como funciona um centro de distribuição e como ele pode ajudar a melhorar a logística de seu e-commerce.

O que é um centro de distribuição (CD)

Antes de existirem os centros de distribuição, as lojas contavam com depósitos que cumpriam a função de acomodar mercadorias e materiais. No entanto, com o passar do tempo – principalmente após o aumento das vendas online – os lojistas sentiram a necessidade de criar processos mais modernos e padronizados de armazenamento e distribuição dos produtos.

Dessa forma, os centros de distribuição vão além de simples depósitos ou estoques. São estruturas logísticas que servem como ponto estratégico para recebimento de mercadorias dos fornecedores e expedição aos clientes finais. 

Ou seja, a principal função de um centro de distribuição é trazer agilidade e eficiência ao processo de recebimento e despacho de mercadorias. A ideia é facilitar a logística entre lojistas, fornecedores e clientes finais. Por isso, geralmente os centros de distribuição ficam localizados próximo de grandes centros populacionais (capitais), em pólos industriais ou em áreas de atividade logística, o que auxilia na redução do tempo de entrega. E, ao mesmo tempo, permitem a armazenagem de uma grande variedade de itens de forma adequada.

Funcionamento de um centro de distribuição (CD)

Como vimos, a principal função de um centro de distribuição é facilitar e agilizar os processos de recebimento, organização e expedição de mercadorias, com o intuito de diminuir os tempos e custos de entregas. Por conta disso, os centros de distribuição se tornam grandes aliados da logística de seu e-commerce

Mas para que um centro de distribuição funcione de forma efetiva e realmente cumpra seu papel é importante seguir algumas recomendações como manter um nível mínimo de inventário e priorizar por armazenar os produtos por um curto período de tempo. Além disso, é necessário implementar algumas operações como as que veremos a seguir:

1 – Recebimento

A fase de recebimento de produtos ou mercadorias é a base para todas as outras operações de um centro de distribuição. Nessa etapa é importante que as docas – locais de carga e descarga – estejam preparadas para o descarregamento dos produtos que a equipe tenha atenção ao realizar a conferência da quantidade e condições da carga recebida e das notas fiscais.

Para agilizar esse processo, contar com um sistema de ERP (Enterprise Resource Planning), ou sistema de gestão integrado e BackOffice integrado ao setor de logística e que permita uma conferência mais precisa da quantidade e qualidade da carga é o ideal. Um bom WMS ajuda a automatizar a identificação e contagem das mercadorias, e também guia a seguinte etapa de armazenagem, indicando o local mais adequado.

2 – Movimentação

Em um centro de distribuição, a movimentação dos produtos também deve ser realizada de forma sistemática para evitar prejuízos na armazenagem e também trazer agilidade a essa operação. Por isso é importante que haja espaço suficiente para que a circulação de produtos e maquinários seja rápida e segura.

Em um CD automatizado a movimentação de mercadorias é realizada por um transportador de paletes ou caixas que leva a carga até o setor de armazenamento, onde um PIE (Posto de Inspeção de Entrada) verifica a mercadoria, que logo será transferida para a localização indicada pelo programa de gerenciamento de armazém.

3 – Armazenamento

O processo de armazenamento de mercadorias de um centro de distribuição deve ser dinâmico. Ou seja, os produtos não devem ficar armazenados por longos períodos, mas apenas pelo tempo necessário para suprir as demandas dos clientes. 

Por isso, assim que chegam aos CD, as mercadorias devem ser transportadas com agilidade aos seus destinos finais. É importante que as mercadorias sejam identificadas com um endereço e localização para facilitar a etapa seguinte. Em termos estruturais, estantes e racks, porta-pallets, drive-in e corredores sinalizados também otimizam a entrada e saída dos produtos.

centro de distribuição - interna

4 – Separação de pedidos (picking) e embalagem (packing)

Também chamado de picking, a fase de separação de pedidos é quando as mercadorias são preparadas para serem expedidas. É uma operação fundamental para o correto funcionamento de um centro de distribuição e consequentemente para a satisfação do cliente. 

A automatização desse processo por meio da utilização de sistemas próprios para esse fim é o grande segredo para agilizar essa fase. Com softwares adequados, é possível aplicar algumas estratégias recomendadas para otimizar a separação de pedidos como endereçamento lógico, rotas inteligentes para a coleta de itens e técnicas de estocagem, simplificando e otimizando rotinas. Depois, é só embalar os produtos, ou seja, fazer o packing de cada um, e deixá-los prontos para o envio. 


5 – Expedição

A expedição é a fase final da cadeia produtiva de um centro de distribuição, que é quando os produtos saem da área de armazenamento para seu destino final. Devido ao elevado fluxo de mercadorias, é cada vez mais comum que os CD’s contem com ferramentas para classificar automaticamente os pedidos que irão para a gaiola da transportadora. 

Nessa etapa deve ocorrer a verificação e conferência dos itens a serem enviados, o devido empacotamento dos produtos e documentação. Um sistema de WMS, como o BSeller, por exemplo, pode ajudar a organizar todos os processos da fase de expedição e mantê-los automatizados, trazendo mais agilidade ao lojista e confiança nas informações.

Vantagens de contar com um centro de distribuição para seu e-commerce

Como vimos, o principal objetivo de um centro de distribuição é melhorar e profissionalizar todos os processos que envolvem a logística de um negócio – desde o recebimento dos produtos pelos fornecedores até a entrega da mercadoria ao consumidor final.

Implementando as operações de forma correta é possível que seu e-commerce possa se beneficiar das seguintes vantagens de contar com um centro de distribuição:

  • Redução de custos e prazos de entrega
  • Melhor eficiência em logística reversa (gerenciamento das devoluções)
  • Diversidade de estoque
  • Centralização de estoque
  • Gestão de sazonalidade
  • Maior controle de processos e mercadorias

Além disso, as tecnologias podem ser utilizadas para ampliar ainda mais os benefícios de contar com um centro de distribuição. Isso porque as ferramentas virtuais são capazes de otimizar, automatizar e analisar a qualidade das demandas em todos os processos da cadeia de um centro de distribuição. 

Segundo dados da Robotics Business Review, centros de distribuição que contam com sistemas de automatização podem reduzir os custos de mão de obra em uma média de 3% ao ano e também possuem 40% mais chances de enviar um produto no mesmo dia. 

Com tecnologias exclusivas, e que ofereçam módulos integrados de gestão (ERP), logística (WMS), atendimento (SAC) e transporte (TMS) você pode gerenciar toda a cadeia de distribuição em suas várias etapas de operação.

Quer saber como automatizar seus processos logísticos em um centro de distribuição? Preencha o formulário e conheça mais sobre o BSeller! 

Leia também:

O que é o fulfillment da Americanas Marketplace e como ele funciona?

Inventário de estoque: o que é e como fazer um?

O que esperar de um bom ERP?

Americanas Marketplace

Somos a plataforma para você vender seus produtos nas principais lojas virtuais do país: Americanas, Submarino, Shoptime e Americanas Empresas. Aqui seu negócio vai mais longe!

veja ainda:

multicanais - destaque

Multicanais: como manter uma estratégia de vendas integrada?

As vendas multicanais já são uma realidade do varejo. E com uma estratégia bem elaborada de integração, os lojistas podem […]

reclame aqui - destaque

Reclame Aqui: o que é e como zelar pela sua reputação no site?

Reclame Aqui é o espaço para o cliente manifestar contratempos com alguma marca. Veja como se destacar e zelar pela […]

importar da china - destaque

Como importar da China?

Importar da China já virou realidade para muitos varejistas. Veja como fazer isso garantindo segurança e boa negociação! Importar da […]