Estoque parado: como isso impacta sua operação?

por BSeller

9 de fevereiro de 2022

O acúmulo de produtos por falta de venda é um problema que atinge grande parte dos e-commerces. Entenda quais são os impactos do estoque parado para seu negócio e como evitá-lo.

O controle de estoque está entre as cinco principais dificuldades encontradas pelos comerciantes do meio eletrônico. É nesse ponto que muitos empreendedores erram e acabam comprometendo diretamente a saúde financeira de seus negócios.

Assim como em um comércio físico, a gestão dos produtos disponíveis nas prateleiras impacta diretamente o faturamento de um e-commerce. Por isso, é necessário ficar atento a erros que podem levar ao estoque parado e como isso pode influenciar negativamente nos resultados do seu negócio.

Se você quer entender como o estoque parado impacta a sua operação e quais são as soluções para evitá-lo, confira o conteúdo que preparamos para você!

Afinal, o que é o estoque parado?

O estoque parado é um termo muito comum entre lojistas para se referir ao excesso de produtos em armazenagem. Isso ocorre quando temos uma quantidade maior de produtos do que a demanda comercial, o que acaba impactando diretamente o faturamento do negócio.

Muitos são os motivos que levam a esse acúmulo de estoque, como falta de planejamento e gestão de estoque, controle no inventário ou pelo preço do produto estar acima do praticado pelo mercado.

Produtos parados no estoque sempre são sinal de alerta, pois impactam diretamente os resultados do seu negócio. Confira abaixo como o estoque parado prejudica a sua operação e como evitar que isso aconteça.

Como o estoque parado prejudica a operação do seu e-commerce?

1. Custos de manutenção do estoque

Imagine o seu estoque cheio de produtos que não são vendidos. À medida do passar dos dias, novos produtos chegam, menor é o espaço disponível para armazenagem. Provavelmente, em questão de tempo você precisará dispor de um novo espaço, o que vai aumentar seus custos de armazenagem e manutenção.

2. Perda de mercadorias

Validade e sazonalidade são um dos grandes vilões do estoque parado, pois geralmente geram perdas. Produtos perecíveis podem acabar não sendo vendidos antes do vencimento da data de validade, assim como roupas e acessórios específicos para uma época do ano ou para acompanhar uma tendência.

Em ambos os casos, uma gestão eficiente de estoque pode ajudar a definir ações antes que ocorra a real perda dos produtos.

3. Baixa liquidez

Certamente um dos principais impactos do estoque parado é em relação à saúde financeira do negócio. Esse prejuízo pode ser sentido diretamente na lucratividade, principalmente quando há a compra de muitas unidades. Sem vendas, não há lucro, o que prejudica a liquidez do negócio.

4. Aumento das dívidas

Um problema que em um primeiro momento pode parecer inofensivo, o estoque parado pode prejudicar seu negócio a ponto de ser necessário fechar as portas. Isso porque, com a baixa das vendas e a pouca entrada de capital, muitos empreendedores recorrem a empréstimos para retomada do fluxo de caixa, o que, se não houver um bom planejamento, pode não ser a melhor alternativa.

Como evitar o estoque parado?

Agora que você já sabe algumas das principais razões que levam ao acúmulo de mercadorias em estoque e como isso impacta negativamente seu negócio, chegou a hora de entender como é possível evitar esse problema.

Algumas ações e práticas preventivas são necessárias para acabar de vez com o tão temido estoque parado. Confira abaixo quais são elas:

estoque parado - interna

Busque entender seu consumidor

Uma das estratégias eficazes para evitar o estoque parado é entender o comportamento do consumidor, com isso é possível identificar porque determinados produtos não estão tendo saída. Faça um diagnóstico e busque entender em qual período tal mercadoria costuma sair mais ou menos.

Já falamos aqui como a sazonalidade pode prejudicar a gestão do seu estoque. Por isso é preciso entender os tipos de produtos que vale ter disponíveis em determinada época do ano, e ter uma perspectiva de vendas. Com isso, você garante a disponibilidade do estoque no momento certo, sem prejuízos e atendendo bem os clientes.

Planeje promoções e queimas de estoque

Depois de mapear os períodos de sazonalidade dos seus produtos, fica mais fácil planejar promoções e queimas de estoque com as mercadorias que você sabe que não terão saída depois. 

Para isso, um bom planejamento estratégico de vendas, alinhado ao marketing é essencial para garantir que a sua margem de desconto seja atrativa, e boa o suficiente para cobrir os custos dos produtos e da operação. 

Faça acordo com fornecedores

Antes de realizar um grande pedido, confira com o fornecedor se ele aceita a devolução/troca dos itens que não foram vendidos. Alguns deles também renegociam prazos de pagamento, diminuindo assim o impacto financeiro e evitando o estoque parado.

Tenha o inventário sempre atualizado

Assim como o inventário serve para verificar quais produtos precisam ser repostos, ele também é uma poderosa ferramenta para evitar que uma grande quantidade de mercadorias fique parada no estoque. 

Mas para isso, é preciso garantir que esse levantamento seja atualizado em tempo real. Com a realização do inventário é possível ter informações precisas sobre seu estoque, analisando as mercadorias disponíveis, as indisponíveis e as estagnadas.

Ofereça combos de produtos

Além das promoções mais agressivas para a queima de estoque, uma outra estratégia para atrair a atenção do consumidor para produtos que não estão tendo saída é oferecer combos ou kits. Quando o consumidor se interessar por determinado item, faça a sugestão para a compra de outro com um desconto correspondente.

Tenha um sistema de gestão de estoque

Já vimos acima o quanto a atualização dos produtos disponíveis em estoque é importante para evitar o estoque parado. Mas realizar esse trabalho manualmente demanda muito tempo e recursos, além de ser passível de erros.

Ao contar com um sistema de gestão de estoque é possível otimizar esse processo, pois por meio dele, as informações são automatizadas e atualizadas rapidamente. BSeller, sistema de ERP totalmente integrado aos demais módulos do seu negócio – logística (WMS), atendimento (SAC) e transporte (TMS) permite um controle do estoque de forma simples, de acordo com o volume de vendas.

Com a automatização do controle de estoque, você consegue ter dados muito mais fiéis, gerar relatórios e ter uma visão mais completa do seu negócio, para que consiga tomar decisões mais acertadas, seja de forma preventiva ou resolutiva.

Um dos diferenciais do BSeller é a vinculação do estoque aos processos de saída (faturamento) e entrada (compra e recebimento por XML). Com mais de 20 anos de experiência, a tecnologia BSeller é feita especialmente para atender as necessidades de médias e grandes operações de e-commerce. 

Para conhecer mais sobre nosso sistema de ERP e Backoffice, basta deixar seus dados abaixo e aguardar o contato de um de nossos especialistas.

Leia também:

O que esperar de um bom ERP?

O que é e como imprimir o DANFE Simplificado?

Faturamento no e-commerce: como ganhar agilidade?

BSeller

BSeller é a solução integrada de ERP e backoffice da americanas s.a. É a única tecnologia completa para backoffice de e-commerce, com módulos nativamente integrados de Gestão (ERP), Logística (WMS), Atendimento (SAC) e Transporte (TMS).

veja ainda:

mrp - destaque

O que é MRP e como funciona esse sistema?

Conheça o sistema MRP e descubra como ele pode otimizar os resultados da sua empresa! Você sabe o que é MRP, […]

integrador de marketplace - destaque

Integrador de marketplace: o que é e como ele te ajuda?

Utilizar um integrador de marketplace pode acelerar o cadastro de produtos e centralizar sua gestão de todos os canais O integrador […]

cross border - destaque

Cross border: o que é e como iniciar essa operação?

Entenda o que é uma operação cross border e como colocá-la em prática para internacionalizar sua marca! Você sabe o […]