Monte sua loja virtual em 4 passos com o marketplace

por Americanas Marketplace

23 de fevereiro de 2023

Descubra como o marketplace permite que você monte sua loja virtual em poucos passos

Você sabia que o marketplace permite que você monte sua loja virtual de forma rápida e fácil? Com a ajuda desse canal de venda, você começa o seu negócio ao lado de grandes marcas do e-commerce. Quer saber mais? Continue lendo e confira como começar! 

Quero montar uma loja virtual, por onde eu começo?

Empreender é o sonho de muitos brasileiros e, nos últimos anos, o e-commerce se tornou uma porta de entrada para realizar isso de forma simples. Afinal, criar uma loja virtual apareceu como uma opção muito mais fácil e barata do que começar uma loja física. 

Hoje, é possível vender de tudo online e de diferentes formas, já que existem diversos canais de venda que possibilitam colocar sua loja no ar. Alguns lojistas, por exemplo, decidem começar vendendo nas redes sociais, o qual é um canal mais simples, que proporciona um alto alcance, porém sem a formalidade de um site de vendas. 

Criar um e-commerce próprio parece a opção evidente quando você decide entrar nesse universo, porém, ela pode exigir um investimento maior do que alguns empreendedores estão preparados a fazer.

Nesse caso, você terá que contratar uma plataforma para hospedar o site, pagar as comissões dos meios de pagamento, contratar serviços de segurança e suporte de tecnologia e mais. 

Enquanto isso, os marketplaces oferecem todos esses serviços e soluções em uma plataforma estruturada e pronta para as vendas. E a melhor parte: sem precisar fazer qualquer investimento inicial!

Lojistas de todos os tamanhos e segmentos não pagam nada para começar a vender nos marketplaces. Isso porque esses canais trabalham com comissões, ou seja, esses lojistas parceiros só pagam um determinado valor quando realizam alguma venda dentro da plataforma. 

E você pode começar a sua jornada empreendedora em um marketplace! Contando com uma plataforma estruturada – que possui marcas fortes por trás e uma base de clientes já consolidada – desde o início da sua operação. Dá uma olhada! 

Monte sua loja virtual em apenas 4 passos

Para que você monte a sua loja virtual com o marketplace e comece a atuar no e-commerce é preciso passar por algumas etapas. Confira: 

1 – Formalize a sua empresa

Antes que você monte sua loja virtual e comece a vender, é preciso criar e registrar a sua empresa, e o primeiro passo para isso é criar um CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica). Além dessa documentação ser um requisito básico para você se cadastrar nos marketplaces, ela garante uma série de vantagens para a sua operação, como: 

  • Emissão de nota fiscal;
  • Cobertura do INSS;
  • Maior acesso ao crédito bancário;
  • Passa mais credibilidade aos clientes;
  • Desconto e melhores condições de ofertas com fornecedores;
  • E mais. 

Em seguida, você deverá buscar outro documento que garante a funcionalidade da sua loja virtual: a CNAE de varejista. Esse documento, que também conhecido como Classificação Nacional de Atividades Econômicas, é uma regularização que identifica as atividades econômicas do seu CNPJ.

A CNAE também é requisitada para a entrada no marketplace, pois esse registro garante que a sua loja está regularizada como varejista e pode prestar atendimento ao consumidor final. 

Dependendo do tipo de empresa que você decidir abrir, esse documento não será necessário. Porém, perfis que ainda não estão cadastrados para atuar nesse formato devem solicitar a inclusão da CNAE de varejista no CNPJ para atuar nos marketplaces. 

2 – Pesquise e entenda o seu plano de negócio

Antes que você monte a sua loja virtual, é preciso estruturar um plano de ação, ou seja, construir a sua empresa, estruturar suas metas e objetivos e definir como ela irá se comportar no mercado. 

Comece realizando pesquisas sobre o mercado – principalmente no ambiente digital – e busque entender quais as categorias que estão em alta, as tendências do varejo e o comportamento de compra dos consumidores. 

Se você já definiu um nicho de produtos, aproveite o momento para pesquisar mais sobre ele. Agora, se você ainda não escolheu um, se beneficie dessas pesquisas para observar os segmentos que estão em alta e entender qual deles tem mais a ver com você  – escolher uma categoria que você conheça profundamente é primordial. 

Com essa definição feita, busque conhecer mais sobre os clientes que procuram esses produtos, como eles se comportam na internet e quais são suas dores e necessidades. 

Além disso, conheça muito bem os seus concorrentes diretos. Essas lojas irão competir com você pelo mesmo público, então é fundamental que você entenda como eles estão atuando para diferenciar o seu negócio e sair na frente!  

3 – Faça suas definições de negócio 

Agora que você já conhece o mercado e tem uma ideia mais estruturada do seu futuro negócio, chegou a hora de colocar as mãos na massa para que você monte a sua loja virtual. 

1ª definição: sua marca

Aqui, uma das suas primeiras responsabilidades será de fato criar a sua marca, definindo nome, identidade visual, logo e, claro, a personalidade dela, pois será por meio dessas criações que o mercado terá contato e reconhecerá a sua loja virtual. 

Ao definir o nome da sua loja, não esqueça de verificar se ele já não está sendo usado em outro negócio e registre o nome no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), é a única forma de protegê-lo de ser copiado. 

2ª definição: seus fornecedores

O próximo passo é definir e encontrar bons fornecedores. Esse quesito será decisivo para o seu negócio, pois é por meio dos seus fornecedores que você irá garantir produtos diversos e de qualidade, além de preços favoráveis para a lucratividade da sua loja e entregas dentro do prazo.

Antes de bater o martelo nesse ponto, pesquise diferentes fornecedores e entenda detalhes como: qualidade dos produtos, preços, prazos, facilidade de pagamento e, claro, a credibilidade deles no mercado. Tudo isso irá te ajudar a tomar uma decisão mais certeira.

monte sua loja virtual - interna
3ª definição: seus preços

Queremos que você monte sua loja virtual para obter ótimos resultados, muitas vendas e, claro, muito lucro. E, para isso, é necessário um bom planejamento financeiro! 

Pense na estratégia de precificação da sua loja: você vai começar competindo por preços baixos, com um sortimento mais competitivo, ou terá itens com maior qualidade e preços mais altos? Quais serão as suas condições de frete para entrega? 

Todos esses detalhes devem ser considerados para que você consiga organizar esse âmbito do seu negócio e garanta uma boa saúde financeira desde o início, onde você tem mais previsibilidade de todos os seus custos e estruturar um bom plano de negócios.

Agora que você já tem uma noção das suas despesas e da gestão financeira do seu negócio, chegou a hora de precificar os seus produtos, ou seja, definir o preço de cada produto disponível na sua loja virtual. 

Essa é uma das tarefas mais importantes do seu negócio, pois é nessa etapa que você irá definir a sua margem de lucro, que é a porcentagem que mostra quanto de lucro restou para a sua empresa, quando subtraídos todos os custos envolvidos na venda daquele item.

Para descobrir qual é a sua margem de lucro, você deve dividir o seu lucro pela receita e multiplicar o resultado por 100. Da seguinte forma: 

LucroReceitax 100 = margem de lucro

4 – Comece a vender no marketplace

Como falamos anteriormente, o marketplace aparece como uma opção diferenciada para que você monte a sua loja virtual com toda a formalidade de um e-commerce por zero investimento inicial. 

Os marketplaces são grandes sites de e-commerce que abrem as portas para lojistas de todos os tamanhos, segmentos e regiões venderem dentro de seus sites. Com marcas consolidadas por trás, essas plataformas dão mais visibilidade aos lojistas parceiros, que passam a vender seus produtos para milhares de brasileiros em todo o país.  

Com estrutura, tecnologia e uma base de clientes consolidada, os marketplaces trazem diversas vantagens aos parceiros que optam pela plataforma, como:

● Credibilidade e segurança;

● Maior visibilidade para a sua marca e produtos;

● Possibilidade de crescimento rápido e consistente.

E o investimento, você já sabe né? Nos marketplaces não há nenhuma taxa de cadastro ou mensalidade, só é cobrada uma comissão sobre os pedidos realizados na sua loja dentro da plataforma, que pode variar conforme a plataforma e a categoria de venda. 

Agora que você já sabe tudo que é necessário para que você monte sua loja virtual da melhor maneira possível e já conhece melhor o marketplace, você só precisa acessar a plataforma em que você quer anunciar, se inscrever e começar a vender. Confira o passo a passo abaixo e comece: 

1º passo: cadastre-se na plataforma

Aqui, você fará o seu registro no marketplace com todas as informações essenciais do seu negócio. 

Nesse momento, lembre-se de preencher todos os dados do seu negócio com atenção e dedique um tempo para se familiarizar com a plataforma e cadastrar os seus produtos da forma mais completa possível – isso é, com descrições bem detalhadas e fotos de qualidade.

Além disso, busque conhecer muito bem as comissões da plataforma para precificar corretamente os seus produtos e garantir a saúde financeira do seu negócio. 

2º passo: venda muito e com segurança

O marketplace oferece mais visibilidade e alcance para os lojistas e autentica cada venda contra fraudes. Então, agora é só ficar de olho nos pedidos que estão chegando para separar os itens e entregar aos seus clientes. 

E você ainda pode contar com o apoio do marketplace nessa etapa: essas plataformas possuem diversos serviços de logística e entrega para garantir resultados ainda melhores aos seus parceiros. 

3º passo: receba pelas suas vendas e opere cada vez melhor

Depois de realizar suas vendas, é só esperar o pagamento da plataforma, que será feito na conta vinculada ao seu CNPJ.

E não para por aí! Muitas plataformas ainda oferecem soluções de publicidade, crédito e capacitação para que os parceiros operem cada vez melhor e vendam muito mais. Garantindo tudo que você precisa para chegar mais longe em um único lugar. 

Pronto! Viu como o marketplace possibilita que você comece a sua loja simples e rápida. Contando com essa plataforma, você começa a vender rapidamente e ainda conta com todo o apoio de grandes marcas do mercado. Anote todas as dicas, monte sua loja virtual e boas vendas! 

Leia também:

Americanas Marketplace

Somos a plataforma para você vender seus produtos nas principais lojas virtuais do país: Americanas, Submarino, Shoptime e Americanas Empresas. Aqui seu negócio vai mais longe!

veja ainda:

férias de julho - destaque

Férias de Julho: estratégias para alavancar suas vendas

Preparar-se para as férias de julho com estratégias eficazes pode aumentar significativamente suas vendas e fortalecer a lealdade do cliente […]

dia dos pais - destaque

Dia dos Pais: dicas para se preparar e vender na data

Para aumentar suas vendas no Dia dos Pais e fidelizar clientes, aposte em personalização, marketing de influência e programas de […]

integrador de marketplace - destaque

Integrador de marketplace: o que é e como ele te ajuda?

Utilizar um integrador de marketplace pode acelerar o cadastro de produtos e centralizar sua gestão de todos os canais O integrador […]