10 dicas para vender sapatos

por Americanas Marketplace

4 de junho de 2024

Você quer vender sapatos em um canal online? Confira algumas dicas e as melhores práticas para começar o seu negócio

Vender sapatos pode ser um negócio lucrativo e gratificante se você souber como se destacar no mercado. 

Já não é novidade para ninguém que o setor de Moda e Acessórios é um dos que mais crescem no varejo brasileiro! De acordo com uma pesquisa da Opinion Box com mais de 2.000 entrevistados, 51% deles afirmou comprar itens de moda pelo menos uma vez por mês. 

Segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), atualmente, o Brasil é o quinto maior produtor mundial do setor calçadista. E segundo a associação, a produção de calçados em 2024 deve crescer entre 1% e 2% em relação ao ano passado, o que representa um volume entre 873,4 milhões e 884,6 milhões de pares, mantendo o Brasil como quinto maior produtor de calçados do mundo, e o maior fora do continente asiático.

Na última Black Friday, as vendas de calçados via anúncios online crescem 357%, segundo dados da Rakuten Advertising.

Assim, vender sapatos online é uma ótima oportunidade para quem deseja começar a empreender dentro desse setor, para quem já tem uma loja física de calçados e quer digitalizar o negócio e até para quem já vende online e quer continuar a diversificar os canais de vendas. 

Para te ajudar a começar a vender sapatos na internet, separamos algumas dicas e práticas para você ficar de olho e expandir seu negócio com estratégias ainda mais assertivas para o online. 

1 – Conheça bem o mercado 

Antes de começar a vender sapatos online, é muito importante que você faça uma boa pesquisa de mercado para entender como o segmento funciona na internet e como você pode se diferenciar. 

Busque pesquisas oficiais para ter uma visão mais aprofundada sobre o setor de calçados e veja quem são os seus concorrentes diretos no e-commerce. Entenda como essas lojas se posicionam, as estratégias que utilizam e até a precificação dos produtos. Você pode até comprar alguns produtos para saber mais sobre a experiência de compra oferecida por eles. 

2 – Entenda o seu público 

Aproveite esse momento de pesquisa para também conhecer o público-alvo da sua loja. Lembre-se de ir além das informações básicas – como gênero, média de idade e ticket médio – e busque conhecer mais sobre o comportamento de compra desses clientes. 

Descubra o que eles gostam, além de suas dores e expectativas ao comprar sapatos online. Apesar de grande parte dos consumidores estarem acostumados com as compras na internet, muitas pessoas ainda têm receio de comprar roupas e calçados online por não ter contato com os produtos.  

Quando você entende melhor todas essas particularidades dos hábitos de compra do seu público, você consegue tomar decisões mais assertivas para o seu negócio, fazendo com que você segmente melhor suas estratégias e impacte as pessoas da melhor maneira possível. 

3 – Escolha o seu nicho

Mais do que o produto ideal, hoje, ao comprar online, os consumidores buscam experiências diferenciadas e únicas, que conversem com suas crenças e valores. Por isso, criar uma loja com produtos diversos, que não conversam entre si, pode acabar não sendo uma estratégia tão atrativa. 

Com isso, escolher um nicho de mercado específico é uma boa estratégia para levar a sua loja mais longe. Dessa forma, você consegue se especializar em um determinado segmento e conversar de forma mais assertiva com o seu público-alvo, seja por meio de seu sortimento ou das comunicações da sua loja. 

Ao escolher o seu nicho, busque optar por algo que você já tem certa familiaridade. Afinal, quando você mesmo faz parte do público, você consegue conversar melhor com eles, além de ter uma noção melhor do segmento e dos melhores fornecedores. 

Ao vender sapatos online, você pode escolher trabalhar com um nicho de produtos focado em um determinado público – como feminino, masculino ou infantil –, com um segmento mais específico, como sapatos sociais ou esportivos, ou até ter um negócio focado em certos modelos, como uma loja de botas, por exemplo. 

4 – Invista em um bom sortimento

Uma das melhores formas de atrair e manter clientes é oferecer uma ampla variedade de produtos. Tenha em seu estoque diferentes tipos de sapatos, conforme o interesse do seu público-alvo, como tênis, botas, sandálias, sapatos sociais e casuais. Além disso, diversifique as opções de cores, tamanhos e estilos para atender a todos os gostos e necessidades.

Não deixe também de investir em tendências de moda para o setor. Estar atualizado com as últimas tendências é crucial para quem vende sapatos. Os consumidores estão sempre em busca das últimas novidades e estilos que estão em alta. Mantenha-se informado sobre as tendências do mercado e atualize seu estoque regularmente.

Na hora de formar seu estoque, não se esqueça que é muito importante saber onde comprar bons sapatos no atacado. Por isso, procure fornecedores confiáveis que ofereçam produtos de qualidade a preços competitivos. Participe de feiras de calçados e eventos do setor para conhecer novos fornecedores e negociar melhores condições de compra.

5 – Escolha um canal de vendas

Hoje, a internet traz uma grande variedade de plataformas e canais online para os lojistas que querem começar a vender nesse ambiente, e cada opção tem suas particularidades e atende os negócios de diferentes formas. 

Sendo assim, antes de começar a vender sapatos online, você deverá analisar essas opções e escolher um canal que atenda melhor às necessidades da sua loja de sapatos.

Ter o seu próprio e-commerce, por exemplo, pode ser uma ótima opção se o que você busca é ter um espaço exclusivamente seu, onde você pode trabalhar melhor o design da sua loja e uma experiência de compra desenhada por você. 

Porém, esse modelo de loja virtual exige alguns gastos mais altos, como para a contratação da plataforma, pagamento das comissões dos meios de pagamento, investimento na hospedagem do site, a contratação dos serviços de segurança, marketing para tornar sua loja conhecida, entre outros.

Então, se você tem um investimento mais baixo, os marketplaces são a opção ideal para você! Essas plataformas funcionam como grandes shopping centers virtuais, onde lojistas de todos os tamanhos e segmentos podem anunciar os seus produtos. 

O marketplace é conhecido por ser uma opção mais em conta, pois eles não cobram nenhum tipo de mensalidade. Os lojistas que desejam anunciar seus produtos pagam apenas uma comissão sobre as vendas, ou seja, você só paga quando vende.

Além disso, os lojistas que vendem nos marketplaces também contam com diversas soluções para impulsionar as vendas, como crédito, publicidade, entrega e logística.

No marketplace da Americanas– plataforma que abre portas para que os lojistas vendam nos sites da Americanas – os parceiros ainda têm acesso a uma área de capacitação exclusiva com vários treinamentos e materiais que auxiliam toda a sua jornada de venda online.

Comece a vender sapatos na Americanas! Faça seu cadastro!

6 – Crie anúncios completos e vendedores 

Independentemente se você vai vender em um e-commerce próprio ou em uma plataforma de marketplace, o cadastro de produtos é uma etapa extremamente importante. É por meio desse cadastro que você irá montar a sua vitrine online e divulgar os seus produtos para os clientes, influenciando diretamente a decisão de compra deles. 

Isso acontece porque, na internet, os consumidores não têm contato com os produtos, como eles teriam em uma loja física, e dependem apenas das informações fornecidas por você nesse cadastro. 

Sendo assim, ao criar as descrições e ficha técnica dos seus sapatos, ofereça o máximo de informações sobre esses itens. Se coloque no lugar dos seus consumidores e imagine quais detalhes do produto são indispensáveis para a decisão de compra dele. 

Informações como cor, tamanho, medidas, composição e resistência não podem ficar fora. E não economize ao descrever essas particularidades, coloque tudo que for possível para que o seu consumidor não tenha nenhuma dúvida ao finalizar a compra. 

Para completar o seu anúncio, invista em fotos de qualidade, com uma boa iluminação e os enquadramentos certos para ressaltar os sapatos da sua loja. Utilize fundo branco para destacar as suas peças e dar um ar mais profissional para as suas produções.

Além disso, tente sempre fotografar os sapatos sendo utilizados para que os clientes tenham uma noção melhor do produto e o observem em diferentes ângulos. Você pode até aproveitar o momento para montar diferentes looks com esses produtos, destacando a versatilidade do calçado e criando uma maior identificação com o consumidor. 

7 – Invista em diferenciais para o seu negócio 

Vender sapatos online vai além de oferecer os produtos favoritos do seu público. Afinal, como já falamos anteriormente, a experiência de compra é o que conta. E, quando esse processo acontece na internet, outros aspectos podem acabar impactando a jornada de compra do cliente. 

Assim, ao vender sapatos na internet, considere investir em alguns diferenciais para fazer o seu negócio se destacar e conquistar resultados ainda melhores. 

vender sapatos - interna

Frete e prazo de entrega

A conveniência das compras online fizeram com que milhões de clientes passassem a  optar pelos meios digitais na hora de garantir seus produtos. Eles querem processos de compras mais práticos, onde eles possam comprar com comodidade em suas casas e receber os produtos em poucos dias – ou até mesmo em poucas horas.

Segundo o CX Trends 2023, realizado pela Octadesk em parceria com a Opinion Box, 63% dos consumidores do e-commerce já já deixaram de finalizar uma compra online pelo elevado valor do frete.

Ou seja, você pode até vender sapatos que são os favoritos dos consumidores, mas se as suas ofertas não forem competitivas, a sua loja acaba ficando para trás. Por isso, é muito importante que você busque oferecer um prazo de entrega mais rápido ou até um frete mais competitivo, um grande divisor de águas para os clientes na hora de comprar online. 

Para garantir entregas cada vez mais rápidas e um frete mais competitivo, invista em uma boa operação logística bem estruturada e de ponta para realizar os seus envios de forma eficiente e ágil. Assim, os produtos chegam em perfeitas condições nas mãos dos clientes e muito mais rápido. 

Se você optar por vender sapatos em um marketplace, você pode apostar em uma solução logística ou de entrega oferecida pela própria plataforma, o que irá influenciar positivamente o valor do frete e o prazo de entrega dos seus produtos, e fará com que você venda muito mais. 

Diversidade dos meios de pagamento 

A diversidade dos meios de pagamento é um grande diferencial do e-commerce e que leva muitos consumidores a optarem pelos meios online na hora das compras. De acordo com o Market Review: Tendências do E-commerce para 2022, da Bornlogic e Opinion, 24% dos clientes consideram que as formas de pagamento são uma motivação para comprar online. 

Muitas vezes, os clientes precisam ou até preferem pagar suas compras por outros meios que não sejam cartão de crédito ou boleto bancário. Por isso, nos últimos anos, ferramentas como o PIX ou as carteiras digitais acabaram ganhando ainda mais destaque no mercado. 

Se você vende em um marketplace, o seu negócio também é beneficiado nesse quesito. Afinal, os meios de pagamento são responsabilidade da plataforma, que está sempre atenta às tendências e atualizando suas formas de pagamento para oferecer uma maior diversidade de opções aos seus clientes. 

7 – Diversifique e integre os seus canais de venda 

Apesar de você já ter escolhido um canal de vendas para o seu negócio, isso não quer dizer que você deverá trabalhar exclusivamente com ele. Para ganhar mais visibilidade e alcance na internet, é interessante que você diversifique os seus canais e trabalhe de forma integrada entre eles. 

Segundo pesquisa da Global Overview Report 2024, 60.9% da população usa redes sociais para encontrar informações sobre produtos e marcas.

Isto é, as redes sociais têm um papel muito relevante quando levamos em consideração o desempenho do setor de moda, onde a imagem conta muito no processo de compra. São muitos os consumidores que têm o hábito de usar essas redes para acompanhar suas marcas favoritas e descobrir novas tendências. 

Sendo assim, ao vender sapatos online, aproveite as redes sociais para criar conteúdos mais inspiracionais e ter um contato mais próximo com os seus clientes. Isso fará com que você crie uma forte sensação de desejo pelos itens da sua loja e pode complementar a experiência dos consumidores, incentivando a decisão da compra. 

Você também pode aproveitar as redes sociais para fazer parcerias com influenciadores digitais e outras marcas Esse tipo de estratégia aumenta a sua visibilidade, humaniza o seu negócio e ainda gera um maior engajamento com o perfil, já que traz novos clientes para o seu negócio. 

8 – Aposte no marketing diversificado

No mundo digital de hoje, é essencial ter uma presença online forte. Utilize as redes sociais para divulgar seus produtos, compartilhar novidades e interagir com seus clientes. Plataformas como Instagram, Facebook, Pinterest e TikTok são ótimas para mostrar seu catálogo de sapatos de forma atraente e engajar com o público. Considere também investir em anúncios pagos nessas plataformas para alcançar um público maior.

Outra opção é formar parcerias com influenciadores. Isso pode ser uma excelente estratégia para aumentar a visibilidade e as vendas de sua loja de sapatos. Identifique influenciadores que tenham um público alinhado com o seu e que possam ajudar a promover seus produtos de forma autêntica. Ofereça amostras gratuitas ou descontos em troca de publicações e recomendações em suas redes sociais.

Não se esqueça que oferecer promoções e descontos é uma excelente maneira de atrair clientes e aumentar as vendas. Com isso em mente, crie campanhas sazonais, como promoções de fim de ano, Black Friday e liquidações de inverno ou verão. Além disso, considere oferecer descontos para clientes fiéis e para aqueles que indicarem sua loja para amigos e familiares.

9 – Invista em pós-venda e fidelize o seus clientes 

O pós-venda é todo o processo de entrega e relacionamento com o cliente que acontece a partir do momento que o consumidor confirma uma compra online, sendo muito importante para a sua fidelização, pois a entrega é também o momento de primeiro contato do cliente com o seu produto, o que cria um momento ainda mais especial. 

O cuidado com as embalagens é essencial, já que, muitas vezes, o produto passa por um longo processo de entrega e, no final, você quer que o produto chegue perfeito nas mãos dos clientes.

Além disso, você também deve estar sempre preparado para atender o seu consumidor caso ele precise de ajuda após a entrega, seja para tirar dúvidas sobre o produto, ter algum auxílio na utilização ou um caso de devolução de mercadoria.

Você sabia que 93% dos consumidores que realizam troca ou devolução de produtos, voltam a comprar na loja quando eles têm uma boa experiência no processo? Por isso, o pós-venda é tão importante para o desenvolvimento do seu negócio. Com um processo bem estruturado, sua marca fica reconhecida e os seus clientes voltam a comprar! 

10 – Se tiver loja física, crie uma estratégia omnichannel 

Nos últimos anos, muitas lojas migraram do universo físico para o online e, se esse é o caso do seu negócio, você tem a oportunidade única que pode trazer diversos benefícios para a sua loja e para a experiência de compra dos seus clientes: as vendas omnichannel

Quando você tem operações offline e online atuando de forma integrada, você pode oferecer uma experiência de compra diferenciada aos clientes e ainda consegue reduzir alguns custos operacionais e logísticos da loja, já que o cliente tem a opção de fazer algumas ações, como retirada e troca, na sua loja física . 

E essa integração é uma via de mão dupla, pois muitos clientes têm o costume de procurar pelos produtos em um lugar e finalizar a compra em outro. Segundo a pesquisa “Tendências do Varejo 2023”, realizada pela Opinion Box e Dito, 84% dos consumidores brasileiros gostam que lojas físicas e on-line estejam integradas. A mesma pesquisa apontou que 87% dos entrevistados já pesquisaram o preço na loja física e compraram na internet; e 80% já pesquisaram na web e compraram na loja física.

A mesma pesquisa apontou que 78% dos entrevistados já compraram online e retiraram na loja; 68% já compraram em uma loja física, mas pediram para entregar o produto em casa; 43% já conversaram com um atendente virtual antes de comprar na loja física; e 70% já conversaram com um vendedor da loja física e depois compraram via e-commerce. Isso só ressalta a importância de integrar sua operação!

Você não tem uma loja física e ela requer um investimento e risco alto para o momento? Sem problemas! Se você vender sapatos em um marketplace que possui loja física, por exemplo, você pode se beneficiar da integração que o canal já oferece.

Dica extra: valorize os feedbacks!

Valorize o feedback de seus clientes e esteja sempre aberto a melhorias. Crie canais de comunicação onde os clientes possam deixar suas opiniões e sugestões. Utilize essas informações para ajustar seus produtos, atendimento e estratégias de marketing. A satisfação do cliente deve ser sempre a prioridade.

Vender sapatos pode ser uma empreitada lucrativa e satisfatória se você seguir as dicas certas. O mercado de calçados é competitivo, mas com as abordagens certas, é possível se destacar e alcançar o sucesso.

Chegou a sua hora de vender sapatos online! 

Agora que você já sabe tudo sobre vender sapatos online, chegou a hora de começar o seu negócio. Siga todas as nossas dicas e desenvolva as melhores estratégias para levar a sua loja mais longe. E, se desejar, cadastre-se como nosso parceiro e conte com a força da Americanas para vender seus produtos para quem já compra em nossos sites. Boas vendas! 

Leia também:

Americanas Marketplace: o que é e como vender neste canal?

11 dicas para quem deseja vender roupas

Pirâmide de Maslow: conheça as motivações do seu público

Americanas Marketplace

Somos a plataforma para você vender seus produtos nas principais lojas virtuais do país: Americanas, Submarino, Shoptime e Americanas Empresas. Aqui seu negócio vai mais longe!

veja ainda:

perfumaria - destaque

Perfumaria: dicas para começar o seu negócio 

O mercado de perfumaria traz boas oportunidades para os lojistas, mas é preciso saber se posicionar corretamente! Veja estas dicas […]

burocracia - destaque

Como lidar com a burocracia das vendas online

Enfrentando os desafios da burocracia ao criar e vender no e-commerce Vender online oferece inúmeras oportunidades para empreendedores, mas também traz […]

zona de conforto - destaque

7 atitudes para tirar o seu negócio da zona de conforto

Ficar na zona de conforto não leva ninguém a outro patamar. Veja como ter um negócio inovador e preparado para […]