7 atitudes para tirar o seu negócio da zona de conforto

por Americanas Marketplace

8 de julho de 2024

Ficar na zona de conforto não leva ninguém a outro patamar. Veja como ter um negócio inovador e preparado para mudanças

Para tirar o seu negócio do varejo da zona de conforto, é fundamental entender profundamente o comportamento do consumidor. Mas, esse conhecimento vai muito além de dados demográficos básicos: ele envolve analisar padrões de compra, preferências e até mesmo as motivações emocionais dos seus clientes.

Um estudo da Nielsen revela que 59% dos consumidores preferem comprar de marcas que conhecem bem suas necessidades e oferecem experiências personalizadas. Utilizar ferramentas de análise de dados, como Google Analytics e plataformas de CRM, por exemplo, pode ajudar a identificar essas tendências e comportamentos. Realizar pesquisas de satisfação e feedbacks constantes são estratégias eficazes para obter insights valiosos diretamente dos seus clientes.

1 – Ferramentas de análise de dados

Ferramentas como Google Analytics, CRM (Customer Relationship Management) e softwares de BI (Business Intelligence) por certo são essenciais para coletar e interpretar dados relevantes sobre o comportamento do consumidor. Com essas ferramentas, você pode monitorar padrões de compra, preferências de produto, e até mesmo a jornada do cliente, desde a primeira interação até a compra final.

2 – Investir em inovação tecnológica

inovação tecnológica é um dos principais motores para sair da zona de conforto. No varejo, isso pode significar a implementação de sistemas de e-commerce, plataformas de pagamento digital, ou até mesmo tecnologias emergentes como a inteligência artificial e o machine learning. Segundo um estudo da Deloitte, 60% dos varejistas que adotaram tecnologias digitais relataram um aumento significativo nas vendas. Um exemplo prático é a utilização de chatbots para melhorar o atendimento ao cliente, proporcionando respostas rápidas e eficientes. Investir em tecnologias de automação de marketing pode ajudar a personalizar campanhas e aumentar a taxa de conversão.

Automação de processos

A automação pode transformar a forma como você gerencia seu negócio. Ferramentas de automação de marketing, por exemplo, permitem segmentar seu público, enviar campanhas personalizadas e analisar o desempenho de cada ação, economizando tempo e aumentando a eficiência.

3 – Revisar e atualizar o mix de produtos

Manter um mix de produtos atualizado e relevante é essencial para atrair e reter clientes. Isso implica em não apenas adicionar novos produtos, mas também eliminar aqueles que não têm bom desempenho. Segundo um relatório da McKinsey, 75% dos consumidores esperam que os varejistas ofereçam novos produtos regularmente. Para isso, é importante realizar análises periódicas de vendas e considerar a opinião dos clientes. Outra estratégia eficaz é testar novos produtos em pequenas quantidades antes de um lançamento completo, minimizando riscos e adaptando-se rapidamente às preferências do mercado.

Pesquisa de mercado

Antes de adicionar novos produtos ao seu mix, realizar pesquisas de mercado pode fornecer insights valiosos sobre as tendências e necessidades do consumidor. Entrevistas, questionários e análise de concorrentes são métodos eficazes para coletar esses dados.

4 – Treinar e desenvolver a equipe

O treinamento e desenvolvimento contínuo da equipe são cruciais para garantir que seu negócio se mantenha competitivo. Funcionários bem treinados não apenas melhoram o atendimento ao cliente, mas também são mais eficientes e produtivos. Um estudo da Gallup mostrou que empresas com equipes altamente engajadas têm 21% mais lucratividade. Por isso, invista em programas de treinamento que abranjam desde habilidades técnicas até soft skills, como comunicação e empatia. Além disso, incentive a participação em workshops e conferências do setor para manter sua equipe atualizada sobre as últimas tendências e práticas do mercado.

zona de conforto - interna

Programas de incentivo

Programas de incentivo como, por exemplo, bônus por desempenho, reconhecimento público e oportunidades de crescimento, podem motivar sua equipe a se dedicar mais ao trabalho e buscar constantemente melhorias.

5 – Melhorar a experiência do cliente

A experiência do cliente é um diferencial competitivo que pode tirar seu negócio da zona de conforto. Proporcionar uma experiência de compra agradável e memorável pode aumentar a fidelidade dos clientes e gerar recomendações boca a boca. Segundo a PwC, 73% dos consumidores consideram a experiência do cliente um fator importante em suas decisões de compra. Isso inclui desde a facilidade de navegação no site até o atendimento pós-venda. Invista em estratégias como personalização, atendimento omnichannel e programas de fidelidade para melhorar a experiência do cliente.

Atendimento omnichannel

O atendimento omnichannel integra todos os pontos de contato com o cliente, como loja física, online, redes sociais e telefone, proporcionando uma experiência de compra fluida e consistente. Essa abordagem garante que o cliente tenha suas necessidades atendidas independentemente do canal que escolha utilizar.

6 – Adotar práticas de sustentabilidade

Adotar práticas de sustentabilidade não é apenas uma tendência, mas uma necessidade no mercado atual. Consumidores estão cada vez mais conscientes do impacto ambiental de suas escolhas e preferem marcas que adotam práticas sustentáveis. Segundo um relatório da IBM, 77% dos consumidores consideram a sustentabilidade importante e 57% estão dispostos a mudar seus hábitos de compra para reduzir o impacto ambiental. Implementar práticas como redução de desperdício, uso de materiais recicláveis e parcerias com fornecedores sustentáveis pode não só melhorar a imagem da sua marca, mas também gerar economia a longo prazo.

Certificações ambientais

Obter certificações ambientais, como ISO 14001, pode demonstrar o compromisso da sua empresa com a sustentabilidade. Essas certificações são reconhecidas globalmente e, portanto, podem melhorar a credibilidade e a reputação do seu negócio.

7 – Criar parcerias estratégicas

Formar parcerias estratégicas pode ser uma excelente maneira de expandir seu alcance e sair da zona de conforto. Parcerias com outras empresas, influenciadores ou até mesmo ONGs, por exemplo, podem trazer novos públicos e agregar valor ao seu negócio. Segundo dados da Harvard Business Review, 67% das empresas que formaram parcerias estratégicas relataram um crescimento significativo em comparação com aquelas que operam de forma isolada. Ao escolher parceiros, é importante alinhar valores e objetivos para garantir uma colaboração harmoniosa e produtiva.

Parcerias com influenciadores

Parcerias com influenciadores digitais podem aumentar a visibilidade da sua marca e atrair novos clientes. No entanto, sempre escolha influenciadores cujos valores e público-alvo estejam alinhados com os da sua empresa para garantir uma colaboração eficaz.

Para tirar seu negócio do varejo da zona de conforto, é essencial adotar uma abordagem multifacetada que inclua a análise do comportamento do consumidor, investimento em tecnologia, atualização do mix de produtos, treinamento da equipe, melhoria da experiência do cliente, práticas de sustentabilidade, parcerias estratégicas, marketing digital, personalização e uma cultura de inovação. Dessa maneira, com atitudes estratégicas e sempre embasadas por dados e pesquisas, é possível transformar seu negócio, aumentando a competitividade e garantindo um crescimento sustentável no mercado.

Leia também:

O que é marketplace e como ele facilita a venda online

O que é inovação?

Sprint: o que é e como funciona?

Americanas Marketplace

Somos a plataforma para você vender seus produtos nas principais lojas virtuais do país: Americanas, Submarino, Shoptime e Americanas Empresas. Aqui seu negócio vai mais longe!

veja ainda:

perfumaria - destaque

Perfumaria: dicas para começar o seu negócio 

O mercado de perfumaria traz boas oportunidades para os lojistas, mas é preciso saber se posicionar corretamente! Veja estas dicas […]

burocracia - destaque

Como lidar com a burocracia das vendas online

Enfrentando os desafios da burocracia ao criar e vender no e-commerce Vender online oferece inúmeras oportunidades para empreendedores, mas também traz […]

vender lingerie - destaque

Como vender lingerie: estratégias para iniciar o seu negócio 

Vender lingerie pode ser uma boa aposta para os varejistas. Saiba como começar e se consolidar nesse departamento! Vender lingerie […]